Acampamento Emiliano Zapata é atacado por pistoleiros em São Pedro da Aldeia

Acampamento Emiliano Zapata é atacado por pistoleiros em São Pedro da Aldeia

Trabalhadores rurais do Acampamento Emiliano Zapata sofreram mais um ataque em São Pedro d’Aldeia. Três pistoleiros invadiram região onde os trabalhadores mantém a acampamento com truculência e ameaças de morte, levando terror aos trabalhadores e promovendo, durante a noite, um incêndio criminoso que destruir parte do assentamento.

 O ataque aconteceu na última segunda-feira (6) e deixou um rastro de casas queimadas, animais mortos, cercas derrubadas  e o trauma de ter a vida por um fio sob a mira de armas na cabeça. Um ataque brutal, que destruiu a casa de agricultores bem no meio da pandemia do novo coronavírus, demonstrando que o isolamento social não cessou os ataques aos trabalhadores do campo.

Essa não é a primeira vez que o acampamento sofre ataques. A CTB Rio de Janeiro já noticiou, mais de uma vez, ataques aos trabalhadores rurais seja em São Pedro d’Aldeia, seja em outros municípios. Os casos de violência no campo só aumentam, e os trabalhadores da agricultura familiar são as maiores vítimas desse mal.

A CTB-RJ e a Fetagri-RJ acompanham o caso e se mantém ao lado dos trabalhadores rurais na luta pelo direito à terra e pela paz no campo.

Leia também...

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancelar comentário