Atividades online e solidariedade marcam 1º de Maio em tempos de Pandemia

Atividades online e solidariedade marcam 1º de Maio em tempos de Pandemia

A Pandemia do novo Cornavírus mudou os hábitos de todos os cidadãos ao redor do mundo, e naturalmente isso afetou o 1º de Maio. Realizado de forma diferenciada, a atividade não passou em branco e foi marcada por atividades online e ações de solidariedade. A CTB-RJ esteve atuante nesse processo e avaliou como positivas as ações do Dia do Trabalhador:

“É um primeiro de maio diferente, mas muito bem sucedido. Estamos fora das ruas por conta da questão da pandemia. Estamos, também, nos precavendo. A palavra de ordem é prevenção, ficar em casa. O dia de hoje é importante na história da classe trabalhadora.” – avaliou Paulo Sérgio Farias.

O Presidente da CTB-RJ também comentou o momento vivido pelo país:

“A gente comemora o 1º de maio no Brasil em uma conjuntura muito alterada em função desse governo que tem uma proposta criminosa contra o povo. Quando a palavra de ordem deveria ser ficar em casa, o governo quer as pessoas nas ruas e, pessoas nas ruas é sinônimo de contaminação. Esse governo é um mensageiro da morte e, é por isso que a CTB e nossa base social está no Fora Bolsnaro, para resgatar o desenvolvimento para nosso país, gera emprego, distribuir renda e restabelecer a democracia.” – afirmou Paulo Sérgio.

Atividades começaram no dia 30

As comemorações do 1º de Maio começaram no dia 30, quando a CTB-RJ realizou uma live de 2 horas, com diversos dirigentes presentes, comentando sobre a conjuntura política e a data comemorativa.

Transmitida pelo Facebook, a live da CTB-RJ foi um sucesso e abriu uma nova forma de comunicação da Central Sindical para conseguir debater assuntos de interesse da classe trabalhadora em tempos de pandemia.

Sindimetal-Rio completa 103 anos

Já no dia 1º, as atividades apoiadas pela CTB-RJ, começaram cedo. O Sindicato dos Metalúrgicos do Rio de Janeiro, que completou 103 anos de luta nessa data tão especial para a classe trabalhadora adaptou sua forma de comemorar para respeitar as regras de prevenção ao Covid-19 e distribuiu alimentos e materiais de higiene para famílias das comunidades locais (Mangueira e Tuiuti) e trabalhadores que estão em dificuldades por conta da pandemia e do alto desemprego no país.

O presidente do Sindimetal-Rio, Jesus Cardoso, agradeceu aos metalúrgicos que doaram os alimentos que foram repassados aos trabalhadores:

“Neste Dia internacional do Trabalhador e aniversário do Sindicato estamos neste momento de solidariedade, em um momento peculiar por conta da pandemia, com trabalhadores desempregados e perdendo vidas. Infelizmente, temos um governo que não preza pelo trabalhador. Por isso, é importante esse momento de para, quem sabe, possamos nos próximos meses sair dessa situação”.

Também presente na atividade, o presidente da CTB-RJ, Paulo Sergio Farias, que parabenizou o Sindicato pelo seu aniversário e pela campanha de solidariedade.

“Neste ano não estamos nas ruas por conta da pandemia, mas estamos nas redes sociais unidos para enfrentar esse momento. Parabéns aos metalúrgicos, estamos no caminho certo na defesa da democracia, pela retomada do emprego e do desenvolvimento”.

Live Nacional e ação solidária na Lapa

Além da solidariedade do Sindimetal-Rio, o 1º de Maio foi marcado por um grande ato unitário virtual que reuniu diversos representantes dos mais variados segmentos do país. Partidos políticos, Movimentos Sociais, Representantes dos Três Poderes, Centrais Sindicais, Organizações de Juventude e outros movimentos sociais levaram ao ar uma programação especial para a classe trabalhadora.

Além disso, no centro do Rio de Janeiro, na região da Lapa, o MST, as Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo, a CTB-RJ, a UJS e a CUT, promoveram uma outra ação solidária para ajudar a população nesses tempos difíceis.

A “Marmita Solidária” promoveu a distribuição de alimentos para população de baixa renda no dia do trabalhador e da trabalhadora, uma outra ação que, respeitando as regras de combate ao Covid-19, ajudou pessoas que precisam de ajuda nesse momento tão difícil que vivemos.

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *