BANCÁRIOS CETEBISTAS PARTICIPAM ATIVAMENTE DA GREVE NO RIO DE JANEIRO

BANCÁRIOS CETEBISTAS PARTICIPAM ATIVAMENTE DA GREVE NO RIO DE JANEIRO

A militância classista da Central dos Trabalhadores do Brasil – Rio de Janeiro está firme na luta ao lado dos Bancários. As pautas da greve, além de questões trabalhistas envolvem questões ligadas à saúde e segurança do trabalhador bancário e as dificuldades enfrentadas pelas mulheres bancárias no seu dia a dia. Segundo a diretora do Sindicato dos Bancários e da CTB-RJ, Katia Branco, “essa greve tem diversas pautas, inclusive pautas da luta de gênero como a que traz á tona a questão da resistência que existe à mulheres em postos de comando no setor”.

A greve da categoria teve início no dia 6 de Outubro (terça-feira) e já paralisou dezenas de agências bancárias pelo Rio de Janeiro, em especial pelo centro da cidade onde está concentrada a maior parte da categoria. Segundo documento publicado pelo sindicato da categoria, os banqueiros “ganharam 55,2 bilhões de reais nos seis primeiros meses de 2015” e “lucraram 36,3 bilhões (5 maiores bancos) no primeiro semestre de 2015,um crescimento de 27% do lucro sobre o mesmo período do ano passado”. Em contraposição ao aumento do lucro dos patrões, no entanto, mais de 7 mil postos de trabalhos foram reduzidos no mesmo período. Assédios são constantes e os trabalhadores denunciam que uma grande quantidade de bancários estão afastados pelo INSS, por traumas psicológicos

Outro problema que se transforma em bandeira de luta dos trabalhadores em greve é a questão racial. Embora a população negra seja percentualmente maior na sociedade, no meio bancário é muito pequeno o número de trabalhadores negros e negras. O trabalhador negro, tem salário em média 27% menor que um bancário branco. Os bancários reivindicam 16% e os banqueiros ofereceram 5,5%.

A militância do núcleo dos bancários da CTB-RJ e os diretores cetebistas que compõem a direção do sindicato estão, nesse momento, nas ruas, construindo a greve com a categoria e lutando para melhores salários e condições de trabalhos para todos os trabalhadores e trabalhadoras bancários(as).

 

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *