Cacique da aldeia Sapukai morre vítima do coronavírus em Angra dos Reis

Cacique da aldeia Sapukai morre vítima do coronavírus em Angra dos Reis

O cacique de uma aldeia indígena de Angra dos Reis, na Costa Verde do Rio de Janeiro, morreu com coronavírus na madrugada desta terça-feira (21). Ele era líder da tribo guarani Sapukai, a maior do estado do Rio.

Domingos Venite, de 68 anos, estava internado no Centro de Referência para Tratamento de Covid-19 desde o dia 26 de junho, mas não resistiu.

Segundo o governo municipal, 88 indígenas estão infectados pelo coronavírus. Eles estão sendo acompanhados pela equipe médica responsável pela aldeia.

Atualmente, cerca de 500 indígenas da tribo guarani vivem na aldeia Sapukai, que fica localizada a cerca de 6 km da BR-101 (Rodovia Rio-Santos), na região de Bracuí. A comunidade vive em uma área montanhosa cercada por Mata Atlântica.

Em nota, a prefeitura de Angra dos Reis lamentou a morte do cacique e disse que ele recebeu todos os cuidados necessários para o tratamento da doença.

Fonte: G1

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *