CARIOCAS TOMAM AS RUAS CONTRA “PEC DA MALDADE”

CARIOCAS TOMAM AS RUAS CONTRA “PEC DA MALDADE”

Milhares de Trabalhadores e Trabalhadoras, estudantes, militantes dos mais variados segmentos dos movimentos sociais se reuniram, no final da tarde dessa segunda-feira (17) para uma grande manifestação contra a PEC 241 que ameaça os serviços públicos como saúde e educação pelos próximos 20 anos e, coloca, mais uma vez, na conta do trabalhador, a crise econômica vivida pelo País. A Central dos Trabalhadores do Brasil – Rio de Janeiro, a Frente Brasil Popular e a Frente Povo Sem Medo estiveram presente com sua militância e seu protagonismo na atividade.

Os manifestantes começaram a se reunir no fim da tarde, em ato político na tradicional Praça da Cinelândia, em frente à Câmara de Vereadores. Em comum, a defesa por mais direitos, contra a “PEC do Fim do Mundo” e o repúdio ao governo golpista de Michel Temer. As palavras de ordem reafirmavam essas posições exigindo a saída imediata do Presidente Golpista com sonoros e uníssonos “Fora Temer”.

Após a praça estar tomada de manifestantes, o ato seguiu pelas ruas do Centro da Cidade até se deparar com a desproporcional agressividade da Polícia Militar do Rio de Janeiro, que reprimiu manifestantes, atirou bombas de gás e efeito moral contra estudantes e trabalhadores e obrigou o ato a retornar à Praça sob gritos de “não adianta, me reprimir, esse governo vai cair”.

O Presidente da CTB-RJ, Ronaldo Leite, presente até o final do ato junto com diversos dirigentes e militantes da entidade, avaliou a atividade como um positiva, no sentido de que unificou a luta contra o corte de direitos e contra medidas que congelam os investimentos em saúde e educação e afirmou que “o ato cumpriu seu papel, a luta contra os retrocessos continua de forma unitária com o povo mobilizado, nas ruas”.

1 comment

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

1 Comment