CEDAEANOS MARCARÃO 5 DE JUNHO POR MELHORES SALÁRIOS E DEFESA DO MEIO AMBIENTE

CEDAEANOS MARCARÃO 5 DE JUNHO POR MELHORES SALÁRIOS E DEFESA DO MEIO AMBIENTE

Em assembleia realizada na noite da última quinta-feira (22/mai), os trabalhadores da Cedae decidiram rejeitar a contra-proposta da empresa e entraram em Estado de Greve. Os sindicatos, já na terceira rodada de negociações, exigiam uma reunião com o presidente da empresa, o que fora negado pela mesma. Os trabalhadores decidiram de forma unânime pela realização de um ato na sede do Governo do Estado do Rio de Janeiro (Palácio Guanabara).

Mais de mil trabalhadores participaram da assembleia, que reuniu cedaeanos de todas as regiões do Estado. Também marcaram presença na Assembleia o Presidente do Sindicato de Campos, Hélio Anomal; o dirigente do Sindicato dos Engenheiros Paulo Granja; o Presidente do Sindicato de Niterói Francisco e dirigente dos Sindicato dos Administradores Jair. Uma assembleia para organização da greve está marcada para o dia 2 de junho, às 18 horas, na sede do Sintsama.

Entre as divergências nas propostas do Sindicato e da Cedae destacam-se o fato da empresa insistir na demissão de mais de 600 trabalhadores, a recusa da Cedae em debater questões como isonomia e PCCs e a ausência de concursos públicos para todos os níveis da categoria. O lucro da empresa, em 2013, foi superior a 200 milhões de reais com um aumento de 31% em relação ao ano anterior. Em contrapartida, houve uma redução de mais de 7% no gasto com pessoal. A CTB-RJ, assim como o Sintsama, se coloca ao lado dos trabalhadores da Cedae e considera incompreensível que a empresa, diante do quadro apresentado, não atenda aos anseios da categoria.

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *