Comerciários nas ruas pelo aumento com ganho real

Comerciários nas ruas pelo aumento com ganho real

O Sindicato promoveu, durante essa semana, atividades no Centro e em Copacabana para mobilizar os comerciários contra a intransigência dos sindicatos patronais nas negociações da Campanha Salarial. Para o presidente do Sindicato dos Comerciários, Márcio Ayer, em cada ação realizada a luta pelo aumento justo ganha mais força na categoria.

Os trabalhadores receberam com muita indignação a contraproposta apresentada pelos patrões de 4% de reajuste, sem aceitar sequer discutir proposta que não geram custos adicionais para as empresas, como garantir a oferta de água potável e banheiros nas lojas para os comerciários. “A intransigência dos patrões é absurda. Sabemos o momento difícil que o país vive, mas não vamos permitir que os comerciários paguem com seus salários pela crise econômica do país”, protestou o presidente.

Nas ruas, o Sindicato mobilizou os trabalhadores para duas agendas importantes: a Assembleia do dia 22/6, que aprovou o estado de greve no comércio e a participação dos comerciários na Greve Geral de 30/06 contra as reformas trabalhista e da Previdência.

Sem tempo ruimNo dia seguinte à declaração do estado de greve, sob chuva fina, as equipes de mobilização do Sindicato fizeram uma grande caminhada em Copacabana, percorrendo as principais ruas comerciais do bairro, para conversar com os trabalhadores. A grande maioria se mostrou preocupada com o baixo reajuste proposto pelos patrões, e também com a reforma trabalhista proposta pelo governo golpista de Michel Temer.

As mobilizações vão continuar. Na próxima segunda-feira (26/6), será a vez de Santa Cruz, onde o Sindicato vai precisar os maiores supermercados e outros pontos importantes do comércio. Participe e fique por dentro da Campanha pelo Facebook e pelo Zap (21) 96697-5260. Venha às reuniões, espalhe pros colegas da firma e fique sócio do seu Sindicato (www.comercirariosrj.org.br/sindicalize). Sem participação não tem conquista!

Fonte: SEC-RJ

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *