Conferência estadual da Frente Brasil Popular RJ reúne centenas de lideranças fluminenses

Conferência estadual da Frente Brasil Popular RJ reúne centenas de lideranças fluminenses

Aconteceu, ontem (1) e hoje (2), a Conferência Estadual da Frente Brasil Popular. A atividade ocorreu majoritariamente no Auditório do Sindicato dos Bancários, com alguns grupos de debates sendo realizados nos auditórios da CUT e do Sindicato dos Trabalhadores da ECT (Sintect-RJ), que ficam no mesmo prédio.

A conferência reuniu centenas de delegados que vieram das mais diversas pré-conferências que foram realizadas em todas as regiões do estado. Mulheres, Sindicalistas, LGBTs, Juventude, Convergência Negra e representantes das mais diversas categorias de todo o Rio de Janeiro debateram ao longo de dois dias um projeto para o Rio e para o Brasil.

“ A realização dessa Conferência demonstra a força da Frente Brasil Popular e reafirma nossa certeza de que podemos reverter esse quadro de catástrofe que Michel Temer, o PMDB, o PSDB e seus aliados transformaram nosso país. Esse governo só tem se sustentado por causa da compra deslavada de votos, mas as contradições não demoraram a aparecer. Eles não têm solução para nosso país fora da agenda que sempre tiveram, que é a de servir de capacho aos interesses estrangeiros, das corporações transacionais. A Frente Brasil Popular se constitui dessa forma num forte espaço coletivo de discussão das alternativas para nosso país, a partir das concepções das forças que militam no seu interior, e da certeza de que essa construção de uma plataforma unitária possibilita o envolvimento de amplas massas na defesa de um projeto nacional. Um projeto de nação, baseado fundamentalmente na valorização do trabalho, da democracia e dos direitos fundamentais do povo. Outro ponto fundamental desse programa é sem dúvida a revogação desse entulho ultraliberal imposto pela camarilha que está no governo, de reversão da pauta conservadora e de retirada de direitos da classe trabalhadora.” – afirmou Paulo Sérgio Farias, Presidente da CTB.

A mobilização da Conferência foi elogiada pelo coordenador da operativa nacional da Frente Brasil Popular e vice-presidente do PCdOB, Walter Sorrentino, que declarou ter encontrado uma mobilização muito sólida da Frente Brasil Popular no Rio de Janeiro e elogiou, especialmente, as raízes didáticas, estratégias e programáticas que constituem a formação da Frente em solo fluminense:

“Já andei em muitas parte do Brasil com a Frente Brasil Popular e vejo que, aqui no Rio de Janeiro, o processo é muito mais denso e elaborado. As teses, os debates, me deixaram muito feliz. Não é apenas uma grande agitação na luta, são fundamentos que vão se estabelecendo como base da nossa unidade: fundamentos didáticos, estratégicos e programáticos. O Rio de Janeiro está de parabéns pelo esforço que fez nessa conferência e que será levado para nossa conferência nacional nos próximos dias 9 e 10.”

O Secretário de Políticas Sociais da CTB-RJ, José Carlos Madureira representou a CTB durante boa parte da condução dos trabalhos e valorizou a mobilização que construiu a maior conferência estadual da Frente:

“O Rio realiza a maior conferência estadual da Frente Brasil Popular.  Reunir centenas de pessoas com enorme acúmulo político e de militância social democrática, progressistas e revolucionária, é uma experiência histórica. Essa é a principal riqueza da nossa Frente. A conferência deve perder a unidade na diversidade, apontar perspectiva para além das eleições e derrotar o golpismo em 2018.”

A conferência foi encerrada com a aprovação das emendas ao texto base e com a eleição de 40 delegados para a Conferência Nacional que irá acontecer nos dias 9 e 10 de dezembro.

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *