CTB Rio de Janeiro exige Conferência Extraordinária dos Transportes

CTB Rio de Janeiro exige Conferência Extraordinária dos Transportes

O que os movimentos sociais denunciam há anos finalmente veio à tona e estampa a capa de todos os jornais. A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil não se surpreende com o mar de corrupção revelado com as prisões dos principais empresários do ramo dos transportes públicos e dirigentes da Fetranspor. A “caixa preta” das empresas de ônibus é uma denúncia antiga dos movimentos sociais que sempre afirmaram que o valor cobrado nas passagens de ônibus em nosso estado é um verdadeiro assalto ao bolso do trabalhador.

O escândalo revelado com as prisões não surpreende, apenas confirma e é preciso saber o que fazer diante desse fato. Trabalhadores e Trabalhadoras foram lesados em seus direitos, pagando passagens altíssimas cujos valores foram drenados para esquemas mafiosos inconfessáveis de setores da política estadual que usurparam a coisa pública no Rio de Janeiro. A única solução para o impasse que tudo isso gerou, é a solução que defendemos para a Nação nesse momento: a democracia.

Nem o atual governo do Estado, que herdou e manteve os esquemas que lesam o povo fluminense, nem os empresários que constituem o oligopólio dos transporte tem nenhum viés de autoridade para definir o futuro do setor. Esse futuro deve ser decidido pelo povo do Rio de Janeiro.

Nesse sentido, a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – Rio de Janeiro exige a realização imediata de uma ampla e democrática Conferência Estadual dos Transportes. Uma conferência deliberativa que aponte o futuro da política de transportes em nosso estado.

Rio de Janeiro, 4 de Julho de 2017

Paulo Sérgio Farias
Presidente da CTB RJ

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *