CTB-RJ manifesta pesar e solidariedade à CTB-PA

CTB-RJ manifesta pesar e solidariedade à CTB-PA

A CTB Rio de Janeiro manifesta seu pesar e solidariedade com a CTB-PA e todos os trabalhadores e trabalhadoras do Estado pelo assassinato do sindicalista Carlos Cabral Pereira, presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Rio Maria  STTR, no sul do Pará, e diretor da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – CTB Pará.

Carlos foi assassinado com diversos tiros na última terça-feira (11), no município de Rio Maria (PA). Seu assssinato ocorre exatamente 32 anos após outro crime que deixou marcas nas lutas do povo paraense, o assassinato do dirigente comunista Paulo Fonteles (1949-1987).

Rio Maria, “a terra da morte anunciada” tem um grave histórico de assassinatos de lutadores. Além de Carlos Cabral Pereira e Paulo Fonteles, outras lideranças já foram assassinadas. Todas lutadoras pelo direito à terra e ao trabalho decente no campo. A morte de Carlos Cabral Pereira, no entanto, acontece num período histórico em que os setores autoritários representados pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, estimulam o ódio e a violência no campo.

O povo brasileiro não aceita mais crimes contra aqueles que lutam por mais direitos e trabalho decente. O povo brasileiro não aceita mais a violência no campo. É preciso dar um basta! 

Nós, da CTB RJ, nos colocamos ao lado da CTB-PA nessa luta. Repudiamos as manobras do governo para isentar de responsabilidade os assassinos do campo; repudiamos a violência que ceifou a vida de mais um lutador e não descansaremos até construir uma nova realidade, de justiça e paz, para todos os trabalhadores rurais do nosso país.

Rio de Janeiro, 12 de Junho de 2019

Paulo Sérgio Farias
Presidente da CTB RJ

Oto dos Santos
Vice-Presidente da CTB RJ

Leia também...

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancelar comentário