CTB-RJ NA LUTA PELO FIM DA CULTURA DO ESTUPRO

CTB-RJ NA LUTA PELO FIM DA CULTURA DO ESTUPRO

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – Rio de Janeiro manifesta, através da sua presente nota, sua solidariedade à jovem vitima do ato de violência sexual na Zona Oeste do Rio de Janeiro e sua família. Manifestamos também nosso repúdio a essa violência que atinge cada vez mais mulheres, nos colocamos firmes na luta pelo fim da cultura do estupro e exigimos das autoridades providências imediatas para o avanço nas políticas públicas voltada para as mulheres. Repudiamos, por fim, o Governo Golpista de Michel Temer que teve em uma de suas primeiras medidas a extinção da Secretaria de Política para as Mulheres e a postura do delegado responsável pelo caso e de setores da sociedade que insistem na absurda prática de criminalizar a vítima em casos como esse.

É completamente inaceitável que nosso país tenha que conviver com o fato de que, segundo dados do Centro de Atendimento à Mulher, a cada 3 horas uma mulher é estuprada no Brasil. No Rio de Janeiro, segundo dados do Instituto de Segurança Pública (ISP), esse número é ainda mais alarmante, chegando ao absurdo nível de 13 estupros por dia.

A violência contra as mulheres segue vitimando milhares de brasileiras reiteradamente: 38,72% das mulheres em situação de violência sofrem agressões diariamente; para 33,86%, a agressão é semanal. Esses dados foram divulgados no Balanço dos atendimentos realizados de janeiro a outubro de 2015 pela Central de Atendimento à Mulher – Ligue 180, da extinta Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR).

Combater a cultura do estupro e todas as formas de violência contra a mulher, bem como lutar por políticas de igualdade entre os gêneros e de empoderamento das mulheres trabalhadoras é compromisso da CTB e tarefa de toda sua base social. Reafirmamos nesse momento esse compromisso e chamamos todos os trabalhadores e trabalhadoras a combater e desconstruir o machismo e construir uma nova realidade.

Pelo fim da Cultura do Estupro!

Pelo fim da Culpabilização das Vítimas!

Em defesa do Empoderamento e da Emancipação das Mulheres!

 

Ronaldo Leite – Presidente da CTB-RJ

Katia Branco – Secretária de Política para as Mulheres da CTB-RJ

Leia também...

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancelar comentário