CTB-RJ PARTICIPA DE ASSEMBLEIA COM TRABALHADORES DO EISA

CTB-RJ PARTICIPA DE ASSEMBLEIA COM TRABALHADORES DO EISA

O Sindicato dos Metalúrgicos do Rio de Janeiro realizou, na manhã de hoje (07/08), a quinta assembleia com os trabalhadores do EISA para tratar dos problemas que afetam a empresa localizada na região da Praia da Rosa, na Ilha do Governador. Pouco antes da assembleia, o presidente do Sindicato Alex Santos, o ex-Deputado Federal Edmilson Valentin, a Deputada Federal Jandira Feghali e o Presidente Estadual da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB-RJ), Ronaldo Leite, foram chamados para uma reunião com a direção do estaleiro, fato que atrasou um pouco o início da assembleia com os trabalhadores.

Com a volta após a reunião, Alex Santos deu início à assembleia pedindo um minuto de silêncio em memória do trabalhador Léo Pirata, que faleceu na data de ontem enquanto fazia um trabalho alternativo para compensar a ausência de salário de que era vítima devido aos problemas do estaleiro. Feita a homenagem, Alex colocou os trabalhadores a par das novidades sobre o caso. Segundo Alex, a empresa não conseguiu o empréstimo junto à Caixa Econômica e esse fator é alegado pela direção do EISA para justificar o novo adiamento do retorno às atividades. O Presidente do Sindicato refutou categoricamente a proposta da empresa de suspensão dos contratos afirmando que:

– O Sindicato é contra a suspensão dos contratos pois não há garantia de continuidade.

Alex disse ainda que o sindicato irá buscar junto ao Ministério Público do Trabalho um acordo que possibilite a rescisão do contrato de trabalho dos que assim desejarem. Essa rescisão, ressaltou Alex, tem que se dar à luz do ministério do trabalho para garantir os direitos dos trabalhadores que fizerem essa opção.

A Deputada Federal Jandira Feghali (PCdoB) mais uma vez se colocou ao lado dos trabalhadores do EiSA, dizendo que irá “até o fim” nessa batalha ao lado da categoria. A Deputada afirmou que esteve reunida com o Ministro da Casa Civil Aloízio Mercadante em apelo pela liberação do empréstimo com a Caixa Econômica Federal, mas que a mesma esbarra nas dívidas do estaleiro e nas garantias apresentadas pelo Grupo Sinergy para efetuar o empréstimo. Jandira mais uma vez criticou a passividade do Governo do Estado diante dessa situação. Nas palavras da parlamentar:

– Lamento muito a ausência do Governo do Estado, que deveria estar aqui buscando uma solução para uma empresa que gera milhares de empregos e faz parte de uma das maiores indústrias do Estado.

O ex-Deputado Federal Edmilson Valentim foi duro com a administração do Grupo Sinergy afirmando que os trabalhadores “devem seguir unidos e pressionar por uma solução”. Segundo o Valentim, o Grupo Sinergy tem que condições de colocar outras garantias para conseguir o empréstimo necessário para pagar os direitos dos trabalhadores. Edmilson também lamentou a morte do trabalhador Léo Pirata, falecido enquanto fazia um bico para sustentar sua família por conta da ausência de pagamentos promovidas pelo Estaleiro. Nas palavras de Valentin, que também cobrou mais ações por parte do Estado:

– Estamos empenhando todos os esforços para tentar uma solução para essa situação, levando conosco a de penúria e sofrimento que levou ao falecimento do companheiro Léo Pirata. É insustentável que os governos não entrem com força para resolver esse problema que atinge uma das maiores indústrias do nosso Estado

O Deputado Federal Edson Santos (PT), também esteve presente à atividade. Ele reafirmou as colocações da Deputada Jandira Feghali e comentou que o empréstimo necessário pelo estaleiro varia entre R$ 50 e R$ 200 milhões de reais. O Presidente da CTB-RJ, Ronaldo Leite, saudou aos trabalhadores presentes e reafirmou a posição da central sindical, à qual o Sindicato dos Metalúrgicos do Rio de Janeiro é filiada, ao lado dos trabalhadores do Eisa:

– É inaceitável a situação na qual se encontram os trabalhadores do Estaleiro Eisa. A CTB-RJ manifesta sua solidariedade à categoria. Somente com força e unidade conseguiremos encontrar uma solução. Os trabalhadores não irão pagar essa conta!

A assembleia foi finalizada pelo Presidente do Sindicato Alex Santos que passou as informações dadas pela empresa aos trabalhadores. Segundo a empresa, o PIS será depositado até amanhã (08/08), o cartão-alimentação será distribuído ainda na presente data aos trabalhadores que não pegaram. O valor do cartão que venceu hoje, no entanto, só deve ser depositado em meados da semana que vem.

Alex ressaltou a importância de uma reunião que haverá na tarde de hoje com o Ministério Público do Trabalho, onde o sindicato irá mais uma vez buscar uma solução para a situação. Uma nova assembleia ficou marcada para a terça-feira, dia 12, na porta do estaleiro.

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *