CTB-RJ PARTICIPA DE LANÇAMENTO DA CAMPANHA “YO TE NOMBRO LIBERTAD”

CTB-RJ PARTICIPA DE LANÇAMENTO DA CAMPANHA “YO TE NOMBRO LIBERTAD”

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadores do Brasil – Rio de Janeiro participou na tarde de ontem (31/8) da cerimônia de lançamento da campanha “Yo Te Nombro Libertad” que defende a liberdade dos presos políticos da Colômbia. A central foi representada na atividade pelos seus dirigentes Ronaldo Leite (Presidente) e Paulo Sérgio Farias (Diretor de Imprensa). Diversos outros movimentos sociais também participaram da atividade de solidariedade internacional. O evento aconteceu no auditório da Câmara Municipal do Rio de Janeiro.

Na Colômbia existem, hoje, aproximadamente 10.000 presos e presas políticas, dos quais mais do 90% são civis, os chamados presos de consciência (companheiros e companheiras camponeses, sindicalistas, indígenas, estudantes, acadêmicos/as, artistas, jornalistas, defensores/as de direitos humanos, entre outros). Segundo dados oficiais, em 1998 haviam 43.259 presos, o que implicava um amontoamento nos cárceres de 31,1%; no inicio de 2015 esse número alcança 116.760, chegando a 52,9% de amontoamento, sendo que em alguns casos esse índice sobe até 300%.

Os presos políticos sofrem constantes torturas e diversas violações aos direitos humanos. Em geral sem têm paupérrimas condições de vida, fome, insalubridade, insegurança, entre outras.  Milhares de presos na Colômbia não têm tido julgamento. Por tudo isso e mais, é fundamental que no processo de paz na Colômbia se conquiste a liberdade de todos e todas os presos e presas políticas, e que se redefina a política carcerária em geral. Nessa caminhada é fundamental o acompanhamento e solidariedade internacional. Porque a luta social não é crime, é um passo para a liberdade.

A CTB-RJ manifesta toda sua solidariedade aos presos políticos da Colômbia e se coloca ao lado dos companheiros na luta em defesa da democracia, da liberdade de expressão e da liberdade dos presos políticos da Colômbia.

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *