CTB-RJ REALIZA ATO DE COMEMORAÇÃO DO DIA DO TRABALHADOR NO LARGO DA CARIOCA

CTB-RJ REALIZA ATO DE COMEMORAÇÃO DO DIA DO TRABALHADOR NO LARGO DA CARIOCA

10257949_711594368892041_9092512358238966767_o

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – Rio de Janeiro realizou no final da tarde de 30 de Abril uma atividade em comemoração ao Dia do Trabalhador (1º de Maio). O evento aconteceu no Largo da Carioca, ganhando a adesão dos trabalhadores que passavam pelo local, e contou com a presença dos Deputados Paulo Ramos (PSOL) e Jandira Feghali (PCdoB), de diversos Sindicatos, entidades do movimento social (UJS, UNEGRO, UBM) e representações partidárias (PCdoB e PSB).

O Presidente da CTB-RJ, Ronaldo Leite, valorizou a realização do ato:

– O dia do trabalhador marca o principal data de luta da classe trabalhadora no Brasil e no mundo. Para a CTB é fundamental sempre marcar essa data com um grande ato, que é o que nós realizamos no dia de hoje. Um ato que reforça nossas bandeiras históricas como o fim do fator previdenciário, a redução da jornada de trabalho sem redução de trabalho e a manutenção da política de valorização do salário mínimo.

A comemoração começou às 17 horas e contou com uma apresentação de repente seguida de show do cantor Marcus Lucenna. Entre as atrações, intervenções lembravam a importância da data e as bandeiras de lutas que a central empunha junto com a classe trabalhadora. O cantor Marcus Lucenna se disse satisfeito com a oportunidade de ajudar na realização do evento:

– É um prazer muito grande, uma verdadeira honra poder usar esse talento que a gente ganhou da natureza para juntar as pessoas num dia tão importante. A data do trabalhador, o dia em que a gente comemora as mãos, o suor daqueles que verdadeiramente constroem o mundo.

Militante da CTB-RJ e da direção do Sindicato dos Metalúrgicos do Rio de Janeiro, Raimunda Leone aproveitou a atividade e lembrou das lutas das mulheres trabalhadoras e do papel que a central tem jogado nessa frente:

– O primeiro de maio é o dia que comemoramos a luta dos trabalhadores no mundo inteiro. A luta pela sua emancipação, pelos seus direitos. As mulheres, ainda hoje, continuam recebendo salários melhores do que os homens trabalhando nas mesmas funções. Nós, da CTB, combatemos essa prática discriminatória com relação às mulheres e lutamos por mais direitos e pelo fim da violência sexual e moral contra as mulheres.
Durante a atividade foram distribuídos exemplares da segunda edição do jornal Papel Central, a publicação bimestral da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – Rio de Janeiro.

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *