CTB-RJ repudia decisão do TST e declara total apoio aos Petroleiros em Greve

CTB-RJ repudia decisão do TST e declara total apoio aos Petroleiros em Greve

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – Rio de Janeiro, manifesta, através da presente nota, seu total repúdio à decisão do TST que condena a greve dos petroleiros a multas diárias de 500 mil reais e outras obrigações (como, por exemplo, 90% de presença no local de trabalho).

Consideramos totalmente absurda essa interferência do tribunal num assunto de direito dos trabalhadores. Os Petroleiros e Petroleiras que lutam em defesa da Petrobrás tem direito à usar de todas suas ferramentas de luta em defesa da estatal e também de seus empregos. Arcar com as decisões do TST não apenas desmonta o movimento grevista, como também favorece a exploração da classe trabalhadora com absurdas limitações ao direito de greve.

Nós, representantes do Sindicalismo Classista, estamos ao lado dos Petroleitos e Petroleiras, na luta contra os absurdos da ditadura da toga. Onde estava o TST quando os trabalhadores e trabalhadoras foram duramente atacados com as reformas trabalhista e previdenciária? Onde estava o TST quando métodos medievais foram usados pela direção da Petrobras para desmobilizar a greve, deixando trabalhadores e trabalhadoras às escuras e sem alimentos durante a ocupação? Onde estava o TST quando parlamentares, no exercício de seu mandato, tiveram impedido seu acesso à Estatal.

Enxergamos, na decisão do TST, uma manobra em favor do governo e do desmonte do Estado Brasileiro e, por isso, resisitiremos ao lado dos Petroleiros e Petroleiras.

Não aos abusos do judiciário! Em defesa do Direito de Greve!

Todo apoio à Greve dos Petroleiros!

Rio de Janeiro, 7 de Fevereiro de 2020

Paulo Sérgio Farias
Presidente da CTB-RJ

Leia também...

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancelar comentário