DE BRAÇOS ABERTOS AO NORDESTE BRASILEIRO

DE BRAÇOS ABERTOS AO NORDESTE BRASILEIRO

Após o término das eleições presidenciais, o Brasil inteiro se chocou com mais uma onda de declarações xenofóbicas contra o povo nordestino. O fato, que já havia ocorrido após as eleições de 2006 e 2010, tomou maior volume em 2014 embalado por toda a campanha de ódio que foi disseminada por setores ligados à oposição. A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – Rio de Janeiro (CTB-RJ) não apenas repudia tais declarações como abraça o povo nordestino, pilar fundamental da construção do Brasil que conhecemos.

Não existe, em solo brasileiro, uma grande construção que não tenha as mãos do trabalhador nordestino. Um povo batalhador que migrou aos quatro cantos do Brasil participando do desenvolvimento de nossa nação. Rio de Janeiro e São Paulo, os destinos mais comuns, são cidades que tem em seu DNA a presença do povo nordestino em sua constituição.

Um povo que inundou a cultura brasileira o Brasil com os talentos de Alceu Valença, Elba Ramalho, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Chico César, Fagner, Moraes Moreira, Guimarães Rosa, Jorge Amado, Nelson Rodrigues, Ariano Suassuna, Rachel de Queiroz e Zé Ramalho. O povo de Rui Barbosa, Paulo Freire, Celso Furtado e Gilberto Freyre. Um povo com contribuição intelectual e cultural fundamental para todo Brasil.

O Rio de Janeiro, cidade que exalta a cultura nordestina em uma de suas principais praças culturais e turísticas, não pode compactuar com essas práticas xenofóbicas. Como sempre, de braços abertos para todo o Brasil, o povo fluminense abraça a nação nordestina como pilar essencial da formação do Brasil que conhecemos.

Não podemos permitir que práticas xenofóbicas separem um povo cuja força vem da própria diversidade. Somos brancos, negros, homens, mulheres, indígenas, gaúchos, paulistas, cariocas, nordestinos, nortistas, calangos e sertanejos. Somos todos brasileiros e repudiamos todas as práticas de preconceito.

Leia também...

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancelar comentário