Desde o início da crise, Rio perdeu ‘quatro Copacabanas’ de empregos

Desde o início da crise, Rio perdeu ‘quatro Copacabanas’ de empregos

Dados do economista Mauro Osório, revelados hoje (27) pela coluna do Jornalista Ancelmo Gois, do Jornal O Globo, mostram o tamanho da crise no Estado do Rio de Janeiro. Conforme a CTB-RJ vem denunciando, a subordinação de um projeto econômico às exigências do Regime de Recuperação Fiscal não apontam saídas para a crise econômico-social viviva em nosso estado.

Segundo os números revelados, entre janeiro de 2015 e outubro de 2019, o Estado do Rio perdeu 595.496 empregos com carteira assinada, o equivalente à população de quatro bairros do tamanho de Copacabana.

O número é superior aos 572.958 empregos com carteira assinada perdidos no estado de São Paulo no mesmo período. Isso apesar de a economia paulista ser três vezes maior que a fluminense.

Leia também...

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancelar comentário