Dia do Basta mobiliza diversas categorias por todo Rio de Janeiro

Dia do Basta mobiliza diversas categorias por todo Rio de Janeiro

Por todo o estado do Rio de Janeiro, trabalhadoras e trabalhadoras promoveram, no último dia 10 de Agosto (sexta-feira), atos para dizer um basta à atual situação do Brasil. A data, intitulada como dia do Basta, teve a organização da CTB e das demais centrais sindicais e movimentos sociais organizados e foi um grande sucesso de mobilização, comprovando a insatisfação popular com os governos Temer e Pezão.

Desde cedo, bancários fecharam as agências da principal avenida da capital. Comerciários fizeram atos em frente às lojas C&A e Marisa, no centro do Rio. Em Angra dos Reis, o Sindicato dos Metalúrgicos comandou as atividades de luta. Na Região Serrana, destaque para os educadores de Petrópolis que decidiram pela manutenção da greve que mobiliza a categoria. Greve na educação também foi a tônica em Cachoeira do Macacu, onde os profissionais da área também mantiveram sua greve e foram protagonistas dos atos do Dia do Basta.

“O dia 10 de agosto no Rio de Janeiro foi marcado por muita luta. Em diversas partes do estado diversas categorias se levantaram para dar um basta a essa onda de retrocessos no nosso país e em particular no próprio estado. Metalúrgicos, trabalhadores do saneamento, servidores públicos, educadores, petroleiros, eletricitários, entre outros, foram às ruas. O movimento unificado das Centrais reuniu ao final da tarde muito fria na Praça XV com diversas representações sindicais e movimentos sociais e muitos populares para fechar o dia de muitos protestos. A palavra de ordem é a unidade e Lula Livre. Tem os convicção de que para a classe trabalhadora superar esse quadro político somente a vitória das forças populares nas próximas eleições e a revogação desse entulho legislativo, de retirada de direitos trabalhistas e de entrega da nossa soberania.” – afirmou Paulo Sérgio Farias, presidente da CTB RJ.

Na Praça XV, no fim do dia, um ato político-cultural se dispôs a dialogar com a classe trabalhadora. Entre as atrações, apresentações musicais e teatrais se alternavam às falas dos dirigentes das entidades presentes na atividade. Arlene Carvalho, dirigente do Sinfa-RJ e da CTB-RJ, falou sobre a importância da luta do serviço público e a necessidade em se dar um basta à falta de investimentos e ao não-cumprimento dos acordos:

“O dia do basta foi importante para os servidores públicos. Dizemos um basta ao desmonte do serviço público no País, ao não-cumprimento dos acordos e ao investimento que não vem sendo feito. O serviço público no Brasil, nas três instâncias, está cada vez mais, pelos gestores, sendo excluído, sendo desqualificado. E os servidores, que lutam, que lidam diretamente com a população, não estão sendo valorizados e, consequentemente, toda população fica sem o atendimento necessário. Estamos vivendo um caos porque o governo federal instaurou um estado mínimo em nosso país. Estado mínimo que faz com que o serviço público esteja cada vez mais desvalorizado e, cuja principal vítima é o povo que precisa desse atendimento em saúde e educação.”

Clique AQUI e veja as fotos do ato na Praça XV no Flickr da CTB RJ.

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *