EISA: SINDICATO DOS METALÚRGICOS PREPARA MEDIDAS JURÍDICAS

EISA: SINDICATO DOS METALÚRGICOS PREPARA MEDIDAS JURÍDICAS

Centenas de trabalhadores do Estaleiro Ilha S.A. se reuniram com o Sindicato dos Metalúrgicos do Rio de Janeiro, em assembleia, na manhã desta segunda-feira, 28 de julho, na porta do Estaleiro. A atividade contou com a presença de representantes do Fórum Nacional da Indústria Naval, de parlamentares e do sindicato dos marítimos. Os trabalhadores foram surpreendidos com uma forte presença policial, que mobilizou oito veículos, dois caminhões e membros do seu batalhão de choque em uma presença numérica e belicamente desproporcional para uma pacífica reunião de trabalhadores.

O Presidente do Sindimetal-Rio Alex Santos atualizou os trabalhadores comentando sobre reuniões realizadas entre o período da passeata da Candelária e a assembleia de hoje. Alex informou que a empresa entrou em contato e disse que até a data de amanhã seria depositado o cartão alimentação e até o quinto dia útil do mês seriam normalizados os salários. O Presidente referendou que o Sindicato não tem nenhuma ligação com essa declaração da empresa e afirmou que o Sindicato está à disposição dos trabalhadores para as medidas cabíveis, ressaltando que:

–   O Sindicato vai mover duas ações diretas. Uma ação coletiva contra o estaleiro para resguardar salários, 1/3 de férias, cartão, tudo que está atrasado referente a vida dos trabalhadores. Inclusive a questão da PLR. A outra ação será a partir de quarta-feira, quando o Sindicato irá disponibilizar aos trabalhadores que assim desejarem seu departamento jurídico para iniciar uma ação de rescisão indireta.

A Deputada Federal Jandira Feghali (PCdoB-RJ) se colocou ao lado dos trabalhadores “para o que der” e fez duras críticas ao Governo do Estado, omisso segundo a mesma em uma crise que atinge a maior indústria do Rio de Janeiro. Segundo a parlamentar:

– Nós não podemos admitir que se fechem plantas industriais no estado do Rio de Janeiro. Não consigo entender a omissão do Governo do Estado do Rio de Janeiro que disse não saber de uma crise que atinge a principal indústria do Rio de Janeiro. Depois de tudo que se fez para que essa indústria se reerguer. Depois de tudo que foi feito no Governo Lula e no Governo Dilma para elevar essa indústria e só na sexta-feira, depois de meses de crise, que o Governo do Estado toma conhecimento do que acontece? – questionou a Deputada.

O ex-Deputado Federal Edmilson Valentin, ressaltou que a luta vai além da luta pelos direitos dos trabalhadores (que são fundamentais), mas é também pela manutenção dos postos de trabalho:

– A indústria naval do Rio de Janeiro é um patrimônio desse Estado e do Brasil e nós vamos lutar não apenas pelos direitos de todos os trabalhadores e trabalhadoras desse estaleiro, mas pra manter essa indústria aberta gerando emprego e desenvolvimento!

Durante a assembleia foi eleita uma comissão de trabalhadores que, junto com a direção do sindicato, se reuniu na sede do Sindimetal-Rio para debater as próximas ações da luta. Essa comissão e a direção do Sindimetal irão realizar uma reunião ampliada aberta ao conjunto dos trabalhadores na próxima quarta-feira, dia 30.

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *