EM AUDIÊNCIA PÚBLICA, MPF COBRA CUMPRIMENTO DE LEGADO OLÍMPICO

EM AUDIÊNCIA PÚBLICA, MPF COBRA CUMPRIMENTO DE LEGADO OLÍMPICO

 

O Ministério Público Federal (MPF) realizou, nesta segunda-feira (22), a audiência pública “Legado Olímpico Participativo” com o objetivo de aumentar a participação popular no debate sobre a prestação de contas e aproveitamento das instalações construídas para as Olimpíadas de 2016.

De acordo com o MPF, o planejamento do legado não vem sendo cumprido. A prefeitura do Rio de Janeiro repassou quatro arenas (velódromo, centro olímpico de tênis, arenas Carioca 1 e 2) para a União, uma ação que não era prevista no plano de legado e que se agrava pelo fato de que  as instalações foram repassadas com problemas na estrutura.

Os procuradores lembraram que o governo federal criou, por medida provisória, a Autoridade de Governança do Legado Olímpico (AGLO) para cuidar do legado das instalações esportivas da Rio-2016, em substituição à Autoridade Pública Olímpica (APO), que era o órgão responsável por coordenar as ações dos governos federal, estadual e municipal no evento. A autarquia afirmou que irá realizar uma audiência pública para debater o futuro dos equipamentos e apresentar um projeto de aproveitamento do legado olímpico dos jogos Rio-2016.

 

 

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *