ESTALEIRO EISA RETOMA ATIVIDADES

ESTALEIRO EISA RETOMA ATIVIDADES

Os mais de 3.200 trabalhadores do Estaleiro Ilha S.A. finalmente voltaram as atividades. Depois de sofrerem mais de dois meses de apreensão, com muita luta e com a presença atuante do Sindicato dos Metalúrgicos e da CTB-RJ, hoje o estaleiro voltou a funcionar e, com isso, o Sindicato realizou mais uma assembleia para debater com os trabalhadores a situação da empresa. O Presidente do Sindimetal-Rio, Alex Santos, valorizou o papel dos trabalhadores metalúrgicos nesse processo:

– Foi a nossa luta, a nossa mobilização e a nossa dedicação que nos trouxeram até aqui, porém, além de tudo que nos fez chegar até onde estamos hoje, ainda temos que lutar pelas demandas dos trabalhadores. Nossa luta não está terminada! Estamos em campanha salarial e precisamos debater o futuro dessa planta industrial.

Alex valorizou a organização e participação dos trabalhadores, salientado que “os trabalhadores têm que ter maior protagonismo na vida política do País”.  Seguindo a mesma linha, o Ex-Deputado Federal Edmilson Valentim, uma figura presente ao lado do sindicato e dos trabalhadores ao longo dessa luta, também parabenizou os trabalhadores pela firmeza na luta mas salientou:

– Essa jornada não acabou aqui! Cada um segue com a preocupação se o pagamento vai cair no dia 5 e com a continuidade do estaleiro. Nossa luta entra em uma nova fase. A luta pela recuperação desse estaleiro que é tão importante para a comunidade da Ilha do Governador, para o Estado do Rio de Janeiro, para o Brasil e para as 12 mil pessoas que direta e indiretamente dependem dos postos de trabalho que aqui existem.

A Deputada Federal Jandira Feghali (PCdoB), que também atuou em conjunto com o sindicato e os trabalhadores em busca da solução para o impasse, também seguiu a linha de que a luta ainda não acabou. A deputada criticou duramente o governo do Estado, ao qual chamou de omisso e denunciou o descaso dos mesmos:

– Cadê o Sérgio Cabral? Cadê o Pezão? O Governo do Estado foi omisso com uma das maiores indústrias do Rio de Janeiro! Foi omisso e não estendeu a mão para os milhares de trabalhadores do EISA. A nossa luta não acaba aqui. Temos que debater o projeto de recuperação dessa planta industrial e só vamos descansar quando encontrarmos uma solução que possa dar tranquilidade para os trabalhadores.

O Presidente Nacional da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Adilson Araújo, elogiou a unidade dos trabalhadores e lembrou que é importante que os mesmos valorizem aqueles que estiveram ao seu lado nesse momento difícil, elogiou os parlamentares que ajudaram no processo e denunciou a falta de compromisso dos ausentes:

– Em Brasília, são 513 deputados mas apenas 70 defendem a pauta dos trabalhadores e a geração de empregos. Empresa privada não vota, mas financia a campanha do candidato do patrão. Na hora de fazer a luta, nosso time é um só e nossa consciência não tem preço.

Coube ao Presidente do Sindimetal-Rio, Alex Santos, encerrar a assembleia. O Presidente falou que as divergências com os pagamentos serão avaliadas quando da saída dos contracheques. Alex disse também que a empresa afirmou que o plano de saúde está mudando para um plano nacional e que em até 7 dais os trabalhadores devem receber os novos cartões. A empresa informou que os que tiverem problemas de urgência devem procurar a empresa pois o novo plano já está ativo. Outro compromisso que foi informado é o de que a empresa aceitou rediscutir os critérios do cartão alimentação.

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *