Fórum das Centrais se reúne com Dieese e debate saídas para o Rio de Janeiro

Fórum das Centrais se reúne com Dieese e debate saídas para o Rio de Janeiro

Um passo rumo à unidade da classe trabalhadora. Assim pode se definir a importante reunião que aconteceu na tarde da última quinta-feira (21), no Sindicato dos Comerciários.

Nessa reunião representantes da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – Rio de Janeiro (CTB RJ), da Central dos Sindicatos Brasileiros – Rio de Janeiro  (CSB-RJ), da União Geral dos Trabalhadores – Rio de Janeiro (UGT-RJ), da Força Sindical – RJ (FS-RJ), da Central Única dos Trabalhadores – Rio de Janeiro (CUT-RJ) e da Nova Central Sindical dos Trabalhadores – Rio de Janeiro (NCST-RJ), junto com representantes do Dieese, reativaram o Fórum das Centrais Sindicais e debateram a conjuntura fluminense.

Em comum, uma avaliação crítica do governo do Estado, da situação econômica do Rio de Janeiro e uma profunda preocupação com os altos índices de desemprego e de destruição da cadeia industrial do fluminense. Os dirigentes analisaram o momento político do Estado e a disputa pela sucessão ao governo, reforçando o desejo coletivo de uma unidade do campo progressista com uma candidatura competitiva e que represente os interesses da classe trabalhadora.
“A retomada do Fórum das Centrais no Rio de Janeiro é de fundamental importância. O Rio de Janeiro vem sendo enormemente prejudicado pelas políticas implementadas pelos governos Temer e Pezão. Os problemas se acentuaram após o golpe em 2016 e principalmente por conta da adesão do governo estadual ao famigerado Plano de Recuperação Fiscal imposto pelo governo federal. A violência contra os pobres se tornou a marca da intervenção militar, o desemprego aumentou e trouxe de volta uma cena que há muito não víamos que são dezenas de famílias inteiras  dormindo sob as marquises dos edifícios no centro da cidade e nos municípios da Região Metropolitana. As centrais se propõem a construir a plataforma unitária e prioritária da classe trabalhadora do estado e jogar papel político na disputa eleitoral que se avizinha para por fim ao caos que as elites fluminense impuseram ao Rio de Janeiro”, avaliou Paulo Sérgio Farias, presidente da CTB RJ.
A reunião se encerrou projetando um próximo encontro para 15 dias e com a decisão de se elaborar um documento conjunto para apresentar aos candidatos do campo progressista e à sociedade propostas para que o Rio de Janeiro retome o caminho do desenvolvimento, do emprego e da distribuição de renda.
Texto e Fotos: José Roberto Medeiros – CTB RJ

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *