Justiça autoriza quebra de sigilo de Flávio Bolsonaro e Fabrício Queiroz

Justiça autoriza quebra de sigilo de Flávio Bolsonaro e Fabrício Queiroz

O Tribunal de Justiça (TJ) do Rio de Janeiro determinou a quebra do sigilo do senador Flávio Bolsonaro (PSL) e do ex-policial militar, e ex-assessor, Fabrício Queiroz. O pedido foi feito pelo Ministério Público do Estado e autorizado no dia 24 de abril.

A quebra de sigilo bancário foi autorizada no período entre janeiro de 2007 a dezembro de 2018. O juiz Flávio Nicolau, responsável pela decisão, também autorizou a quebra do sigilo fiscal dos investigados, entre 2008 e 2018.

Além de Flávio e Queiroz, também tiveram o sigilo bancário quebrado a esposa do Senador, Fernanda Bolsonaro, uma empresa da família (Bolsotini Chocolates e Café Ltda), as duas filhas de Queiroz, Nathalia e Evelyn; e a esposa do ex-assessor, Marcia.

Leia também...

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancelar comentário