Metalúrgicos da Emgepron exigem cumprimento da decisão da justiça

Metalúrgicos da Emgepron exigem cumprimento da decisão da justiça

Os metalúrgicos da Emgepron fizeram, no dia 20 de maio, uma passeata história para exigir seus direitos. Apesar de ganhar em todas as instâncias judiciais, a empresa continua não reconhecendo estes trabalhadores como metalúrgicos e pagando um salário abaixo do que determina a convenção coletiva da categoria.

Centenas de trabalhadores da Emgepron se reuniram no final da tarde na Candelária. De lá, junto com o Sindimetal, saíram em caminhada pela Avenida Rio Branco, onde denunciaram esse absurdo que acontece com eles. A manifestação terminou no Tribunal Regional do Trabalho. Eles exigiram que a justiça fizesse cumprir o que já decidiu.

A luta destes trabalhadores para serem reconhecidos como metalúrgicos já dura cerca de 20 anos. O Sindicato entrou com ação na justiça e ganhou em todas as instâncias, porém até o momento a empresa não implementou a convenção coletiva da categoria.

Para o presidente do Sindicato, Alex Santos, “esse foi um primeiro ato, agora vamos trazer os companheiros da fábrica de Campo Grande para pressionar ainda mais a Emgepron para que ela cumpra de imediato a convenção coletiva dos metalúrgicos. Nosso caminho é o da vitória, para mudarmos a nossa história”.

Segundo o diretor do Sindicato, Maurício Ramos, “é preciso que a empresa atenda essa decisão, pois já correram todos os trâmites na justiça. Ganhamos no tribunal e em Brasília, que também referendou essa decisão. Exigimos justiça com a aplicação imediata da convenção coletiva para que os trabalhadores saiam de uma condição salarial miserável e que massacra a todos. Queremos deixar o recado também de que não adianta implantar inverdades contra o Sindicato, pois a resposta dos trabalhadores está nas ruas”.

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *