METALÚRGICOS DECRETAM ESTADO DE GREVE NO RIO DE JANEIRO

METALÚRGICOS DECRETAM ESTADO DE GREVE NO RIO DE JANEIRO

A assembleia dos metalúrgicos realizada ontem (15), na sede do Sindicato em Benfica, decretou por unanimidade o estado de greve da categoria. O Sindimetal vai intensificar a paralisação por empresa e segue na luta em busca de um acordo salarial que atenda aos anseios da categoria. O estado de greve é relativo aos metalúrgicos que trabalham em empresas do Grupo 19 (Firjan) e do Sindirepa. O setor naval já fechou um acordo salarial como pode ser visto clicando aqui.

Os patrões têm se negado a dar um aumento real para os trabalhadores. Até o momento só ofereceram 60% do INPC, o que não cobre sequer a inflação do período. Diante desta proposta rebaixada, os metalúrgicos vão continuar a paralisação das empresas, intensificando as mobilizações da campanha salarial.

Na assembleia também foi denunciada a tática dos patrões que esperam o resultado das eleições presidenciais do dia 26. O patronato espera a vitória do projeto conservador capitaneado pelo candidato tucano Aécio Neves. Os representantes dos patrões acreditam que uma possível vitória de Aécio Neves mudariam a correlação de forças a favor dos empresários nas negociações salariais.

O presidente do Sindicato, Alex Santos, afirmou que os trabalhadores estão com Dilma, para garantir o desenvolvimento do país e a geração de emprego. Os diretores Roberto e Bira, que também compuseram a mesa da assembleia, destacaram a necessidade de reforçar a campanha salarial nas empresas para garantir o aumento real para os trabalhadores, a importância de reeleger Dilma Rousseff e barrar o projeto dos patrões de arrocho salarial.

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *