Nota da CTB Rio de Janeiro: Condenação de Lula é aprofundamento do golpe e exige radicalidade na ação dos movimentos sociais

Nota da CTB Rio de Janeiro: Condenação de Lula é aprofundamento do golpe e exige radicalidade na ação dos movimentos sociais

A CTB Rio de Janeiro manifesta seu total repúdio à condenação do ex-presidente e pré-candidato à Presidência da República, Luís Inácio Lula da Silva. Maior liderança popular do País, Lula é vítima de uma conspiração que aprofunda o golpe de 2016 e que tenta impedir que uma liderança progressista volte a ocupar o Palácio do Planalto. Tal fato coloca os movimentos sociais com uma missão urgente: a radicalização nas lutas contra os retrocessos e pelo reestabelecimento da democracia em nosso país!

Ressaltamos que a condenação de Lula não nos surpreende. Sabemos da inocência do ex-presidente e que as acusações feitas contra ele são, na verdade, uma maquiagem mal feita para disfarçar o objetivo da elites desse país: seguir com o desmonte do Estado Brasileiro e aumentar a desigualdade do nosso povo. O mesmo Poder Judiciário que condenou Lula prende negros e pobres todos os dias, é conivente com abusos de poder nas favelas e periferias de todo Brasil. É o mesmo judiciário que entregou Olga Benário aos Nazistas, que sustentou o regime nefasto dos militares pós-1964, que absolveu Collor, que fechou os olhos para a compra de votos de FHC na segunda metade da década de 90 e que foi conivente com o golpe contra a ex-presidenta Dilma. Um judiciário de homens brancos e ricos que atua ao lado das elites golpistas para promover o desmonte do País e impedir uma gestão popular e democrática da Nação.

O processo contra Lula entrará para a história como uma peça que em que, em nenhum momento, teve provas de qualquer tipo apresentadas. Trata-se de um processo que foi condenado por centenas de juízes de todos os países e que manchou nossos país de vergonha, sendo alvo de editoriais como o de ontem, no The New York Times, que denunciou como o partidarismo de Sérgio Moro e do Judiciário brasileiro saquearam nossa democracia.

O ex-presidente Lula resistiu bravamente, ao longo de todo esse processo, a uma campanha difamatória que tentou destruir sua imagem, como foi feito com os ex-presidentes Getúlio Vargas e João Goulart e carece de forte reação dos movimentos sociais. A condenação de Lula não irá abaixar nossas bandeiras. Pelo contrário! Seguiremos nas ruas com bandeiras em riste, defendendo o direito da candidatura de Lula, a revogação da Reforma Trabalhista e da Lei das Terceirizações, combatendo a Reforma da Previdência e exigindo o reestabelecimento imediato da democracia no nosso País. A hora é de radicalidade na ação e de nenhum segundo de paz aos golpistas, de quaisquer esferas do executivo, do legislativo ou do judiciário!

A hora é de luta! Eleição sem Lula é golpe! Não permitiremos que manobras golpistas destruam o país que os trabalhadores lutam diariamente para construir.

Rio de Janeiro, 24 de Janeiro de 2018.

Paulo Sérgio Farias
Presidente da CTB RJ

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *