Nota de repúdio ao PL que institui a militarização das escolas na rede estadual do Rio de Janeiro

Nota de repúdio ao PL que institui a militarização das escolas na rede estadual do Rio de Janeiro

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) vem manifestar seu total repúdio à opção do governo do estado do Rio de Janeiro pela implantação de escolas militarizadas na Rede Estadual de Ensino, conforme o PL 1667/2019, enviado à ALERJ.

Num momento em que o foco das ações do governo e da secretaria de estado de educação deveria estar na luta pelo FUNDEB permanente, na garantia de um mínimo de infraestrutura para o bom funcionamento das escolas, no descongelamento dos salários dos servidores, sem reajuste desde 2014, e no atendimento às demandas reais das comunidades escolares, o que temos é uma proposta de tratar os problemas de convivência e comportamento agressivo, presentes nas escolas, como caso de polícia.

No lugar de garantir condições e número de profissionais na rede de ensino que permitam o engajamento coletivo na construção de soluções para a transformação do ambiente escolar, o governador quer concentrar recursos em algumas escolas em detrimento das demais e manter a sua linha bélica de ação, levando práticas coercitivas e truculentas, baseadas em ordens, imposições, obediência submissa e medo para os processos pedagógicos das escolas. Nesse modelo militarizado, não há como desenvolver a formação de sujeitos autônomos, solidários e críticos, como, historicamente, a luta pela Educação de qualidade para os filhos e filhas da classe trabalhadora tem buscado.

Educar pelo medo é educar para a dominação do mais fraco pelo mais forte! É educar para a aceitação passiva do discurso alheio! É educar para o silêncio, para a inércia! Não aceitamos isso!

A CTB permanece lutando por uma Escola laica, libertária, transformadora e democrática, com práticas que garantam a inclusão de todo o tipo de diversidade, com equidade, afeto e respeito, e relações de trabalho justas e dignas!

NÃO AO PL 1667/2019!! NÃO À MILITARIZAÇÃO DE ESCOLAS DA REDE ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO!!

Rio de Janeiro, 3 de Dezembro de 2019

CTB Educação

1 Comente

Leia também...

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancelar comentário

1 Comente