Nota de Repúdio da CTB-RJ às Prisões Arbitrárias de Manifestantes

Nota de Repúdio da CTB-RJ às Prisões Arbitrárias de Manifestantes
A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – Rio de Janeiro, manifesta publicamente o seu repúdio à prisão de dezenas de ativistas feitas na manhã do último sábado, dia 12 de julho, com base em acusações absurdas de crimes como formação de quadrilha armada.
Por razões nitidamente políticas, 17 pessoas foram presas, com base em mandados de prisão temporária. Dentre os presos existem dois menores. O crime contra a democracia teve o aval de um representante do poder judiciário, que viabilizou a ação policial, evidenciando mobilização orquestrada com participação evidente do governo do Estado.
Não aceitamos a justificativa de que as prisões serviram “para prevenir ações que pudessem perturbar a ordem pública no dia da decisão da Copa do Mundo”. Uma justificativa que pune antes de qualquer ato consumado e que coloca em xeque o próprio Estado Democrático de Direito.
Salientamos ainda que as prisões abrem perigoso precedente que pode colocar em risco as nossas liberdades democráticas. Não podemos aceitar a privação da liberdade individual em função de previsões e interesses do Estado. O direito à livre manifestação política e ideológica deve ser preservado e a CTB se coloca ao lado de todos que repudiam esse ato e lutam contra essa lógica autoritária com que o caso foi tratado.
Rio de Janeiro, 14 de Julho de 2014
Ronaldo Leite – Presidente da CTB/RJ

Leia também...

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancelar comentário