Nota de Repúdio e Pesar: Marcos Antonio Galdino, Presente!

Nota de Repúdio e Pesar: Marcos Antonio Galdino, Presente!

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – Rio de Janeiro (CTB RJ), a Federação Estadual dos Trabalhadores em Agricultura Familiar – Rio de Janeiro (FETAGRI-RJ) e a Federação Estadual dos Trabalhadores na Agricultura – Rio de Janeiro (FETAG-RJ) manifestam seu pesar e seu repúdio pelo assassinato do companheiro do MST, Marcos Antônio Galdino.

Marcos era um dos membros do Acampamento Luiz Maranhão, que trava sua luta pelo direito à terra na região da Usina Cambaíba em Campos dos Goytacazes. A Usina é famosa por ter sido usada para queimar militantes e prisioneiros políticos durante a Ditadura Militar. Esse assassinato é mais um brutal crime contra os trabalhadores do campo, realidade contra a qual a CTB, a FETAG e a FETAGRI lutam diariamente.

Exigimos que todas as autoridades competentes se mobilizem e respondam a mais esse crime absurdo que acontece em nosso Estado. No Rio de Janeiro da Intervenção Militar, matam-se vereadoras, matam-se trabalhadores rurais, e nenhuma resposta é dada pelos organismos da administração pública. Na cidade e no campo lutamos por democracia e justiça e não descansaremos até que os responsáveis sejam encontrados, julgados e paguem por seus crimes.

Marcos Antônio Galdino, Presente!

Rio de Janeiro, 28 de Abril de 2018

Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – Rio de Janeiro
Federação Estadual dos Trabalhadores em Agricultura – Rio de Janeiro
Federação Estadual dos Trabalhadores em Agricultura Familiar – Rio de Janeiro

Leia também...

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancelar comentário