Nota Oficial: Mentiras da Folha de São Paulo tem como objetivo desmobilizar a luta contra a Reforma da Previdência

A coluna Painel, do jornal Folha de São Paulo, publicou uma notícia de que o Governo Temer iria liberar R$ 500 milhões para as Centrais Sindicais em mais uma de suas ofensivas para aprovação da Reforma da Previdência. Nós, da CTB Rio de Janeiro, sempre soubemos que o jornal Folha de São Paulo produzia um jornalismo tendencioso, conservador e que se pautava ao lado dos empresários contra os trabalhadores, e essa publicação mentirosa apenas comprova o grau de descaramento dessa mídia golpista que faz de tudo para auxiliar o governo a retirar direitos dos trabalhadores e das trabalhadoras.

A verba, que pode ser liberada, nada tem a ver com compromissos das Centrais Sindicais com o governo golpista. Ela apenas é um direito das entidades que há tempos buscam essa liberação. Trata-se de apuração feita por um grupo de trabalho composto pelo Governo, Ministério Público do Trabalho, Centrais Sindicais, Advocacia Geral da União e Caixa Econômica Federal que revelou a existência de impostos recolhidos dos trabalhadores que não foram repassados devidamente às entidades de classe. Ou seja, dinheiro que já deveria estar nas contas das entidades sindicais e que se perdeu na burocracia estatal.

O MTE detém mais de 300 processos que reclamam recursos provenientes da Contribuição Sindical que recebido pelo MTE (CEES), não teve a destinação as entidades sindicais. Esses recursos, com a devida apuração, serão entregues tanto aos Sindicatos, quanto às entidades patronais.

Sendo assim, a liberação desses valores em nada muda nossa linha de atuação. A CTB vem participando ativamente de todas as manifestações contra o governo ilegítimo de Michel Temer. Construiu e participou ativamente da greve geral no dia 28 de abril desse ano e tem sido linha de frente nas mobilizações que se sucederam após o golpe no país. Estivemos nas ruas em todo o país nesse dia 5 de dezembro e nas ruas nos manteremos, mobilizando a classe trabalhadora para lutar contra esse governo golpista e reacionário para impedir a aprovação da contra reforma da previdência. Se colocarem pra votar, o Rio de Janeiro vai parar.

Rio de Janeiro, 7 de dezembro de 2017

Paulo Sérgio Farias
Presidente da CTB RJ

Leia também...

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancelar comentário