OCUPAÇÃO FIDEL CASTRO FAZ ATO EM SILVA JARDIM

OCUPAÇÃO FIDEL CASTRO FAZ ATO EM SILVA JARDIM

A Ocupação Fidel Castro, que reúne mais de 200 famílias que vivem da Agricultura Familiar em Silva Jardim segue na luta pelos direitos dos trabalhadores da agricultura familiar. Hoje (2), os trabalhadores se reuniram em um ato, em frente a Defensoria Pública, em favor da legitimidade da ocupação e contra a tentativa de reintegração de posse. Uma reunião irá acontecer no Fórum, entre representantes do judiciário, da ocupação, da defensoria pública e do núcleo de terra do Estado. Os trabalhadores da ocupação farão um ato em frente ao local da reunião.

A atividade, pacífica, ocorre após a ocupação completar mais de um mês de existência e resistir, inclusive, a uma tentativa de reintegração de posse (não consolidada por falta de estrutura do município). O Presidente da FETAGRI, Oto dos Santos, revelou a expectativa de avanços:

“Nós temos uma boa expectativa dessa reunião, uma vez que hoje nós temos diversos argumentos legais para legitimar nosso movimento e defender essas famílias que vivem da agricultura familiar. Hoje somos mais de 200 famílias que seguem na ocupação de forma pacífica lutando pelo direito à terra.”

O Presidente da CTB-RJ, Ronaldo Leite, defendeu o direito dos trabalhadores que se encontram na ocupação:

“Essa ocupação é mais uma luta dos trabalhadores rurais na qual a CTB se faz presente. Estamos apoiando o movimento dos agricultores e incentivamos toda nossa base social a ajudar a manutenção dessa importante ocupação com as doações que forem possíveis de serem feitas.”

A Ocupação da Fazenda Santa Maria se mantém firme contra os interesses dos grandes proprietários e grileiros, mas precisa da solidariedade militante de todos, estando aberta para receber doações de alimentos e materiais de higiene. Atualmente, mais de 200 famílias se encontram presentes na ocupação e a tendência é que o movimento só cresça. A luta dos agricultores familiares do Rio de Janeiro está só começando e a CTB-RJ está ao lado deles!

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *