Prefeitura de Cabo Frio chama população a opinar sobre Plano de Mobilidade Urbana

Prefeitura de Cabo Frio chama população a opinar sobre Plano de Mobilidade Urbana

A população de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio, pode dar sugestões para o futuro Plano de Mobilidade Urbana (PlanMob). Segundo a Prefeitura, para participar do projeto, considerado de grande porte, os moradores podem preencher um formulário disponível no site oficial e nas redes sociais da Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (SeMob).

Por meio do formulário, as pessoas vão indicar a situação de mobilidade no bairro delas. É uma forma da prefeitura mapear localmente o flui o deslocamento das pessoas de um lugar para o outro.

Entendendo a atual realidade do município e colhendo sugestões para o futuro, a Prefeitura acredita que será possível ordenar a circulação, integrar os modos de transporte e promover a acessibilidade, aplicando todas as ações necessárias para a melhoria da infraestrutura viária e cicloviária.

“É um projeto de grande porte e a participação de cada um é fundamental para concluirmos juntos o Plano Participativo de Mobilidade Urbana. É essencial que se tenha a estatística dos veículos que circulam pelo município, assim podemos planejar as necessidades de forma adequada e compatível com as metas almejadas pela população. Não tenho dúvidas, vamos vencer esse desafio”, destacou o secretário de Mobilidade Urbana, Marcelo Cardoso.

Fase de elaboração

Segundo a Prefeitura, o PlanMob já está em fase de elaboração, com algumas etapas já concluídas, como a pesquisa volumétrica, que conta o tráfego para compreender os deslocamentos realizados pela população natural e flutuante. O estudo ainda considera o acesso aos municípios vizinhos.

“O projeto tem o objetivo de melhorar a qualidade do deslocamento dentro do espaço público, de forma segura, por meio de ações voltadas aos diferentes meios de transporte, priorizando a acessibilidade”, afirma o município.

A partir dos dados já coletados, produtos como Educação para o Trânsito, Mobilidade e Turismo, Transporte não Motorizado e Transporte de Cargas estão em fase final.

Vale ressaltar que o Plano de Mobilidade contemplará ainda projetos de Infraestrutura e Circulação, Transporte Motorizado Individual e Transporte Motorizado Coletivo: público e privado.

“Dessa forma será possível traçar diretrizes para diminuir o tempo do trajeto entre as viagens percorridas por moradores e turistas, aperfeiçoar o transporte público e adequar as vias de modo a atender os diferentes modais, priorizando a malha cicloviária e o desenvolvimento sustentável, considerando as características sociais, culturais e topográficas do município”, explica a Prefeitura.

“Essa é uma etapa fundamental da implantação do Plano de Mobilidade Urbana, ouvir a população. Sem isso não é possível construir um plano que atenda a todos”, declarou o prefeito Dr. Adriano Moreno.

Fonte: G1

Leia também...

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

Cancelar comentário