Presidente Interino da CTB visita sede da CTB RJ e convoca para Dia do Basta

Presidente Interino da CTB visita sede da CTB RJ e convoca para Dia do Basta

O presidente interino da CTB, Divanilton Pereira e o vice-presidente Nivaldo Santana, visitaram, na tarde desta sexta-feira (6), a sede da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – Rio de Janeiro. Na visita, Divanilton e Nivaldo foram recebidos pelo presidente da CTB RJ, Paulo Sérgio Farias, pelo dirigente nacional João Batista Lemos e pela presidenta interina do Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro (SEC-RJ), Alexandra Nogueira. O tesoureiro do SEC-RJ, José Claudio e o presidente licenciado do SEC-RJ, Marcio Ayer, também particiapram da reunião.

O Objetivo da reunião foi debater os desdobramentos da reforma trabalhista, o custeio das entidades sindicais e a agenda de lutas com especial foco no dia 10 de agosto, o dia do Basta. O Presidente da CTB RJ, comentou a importância das manifestações do próximo dia 10:

“A CTB convoca sua militância nesse dia 10 de agosto a ocupar as ruas, as portas de fábricas, comércios e escolas para denunciar o caos que os golpistas transformaram nosso país. Um país que em dois anos de golpe viu o desemprego aumentar enormemente assim como a carestia. O governo Temer tira dos pobres para dar para banqueiros. É por isso que vamos para as ruas mais uma vez. Para denunciar o governo Pezão e seus aliados de hoje e de ontem. Denunciar esses candidatos ao governo do estado que mentem para o povo mas que são os verdadeiros responsáveis pelo Rio de Janeiro ser campeão de desemprego, de insegurança nas comunidades e de carestia.” – defendeu Paulo Sérgio.

O presidente interino da CTB, reforçou a importância do dia do basta:

“O dia 10 de agosto é dia de uma agenda muito importante para a classe trabalhadora. Uma agenda onde estará sendo apresentada, com maior realce, a agenda prioritária da classe trabalhadora: que tem como centro a recuperação da democracia, do desenvolvimento, da soberania e por conseguinte, dos direitos da classe trabalhadora. Por isso a CTB conclama toda suas seções estaduais, homens e mulheres, os desalentados que já são mais de 65 milhões nesse país, a dizer um basta ao desemprego, um basta na venda da nossa soberania e do nosso patrimônio e que nós retomemos, a partir da normalidade democrática, um novo projeto político que tenha no centro a valorização do trabalho.” – afirmou Divanilton.

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *