Profissionais da Educação fazem paralisação e ato em Cabo Frio

Profissionais da Educação fazem paralisação e ato em Cabo Frio

Os profissionais da Educação de Cabo Frio, Região dos Lagos do Rio, iniciaram uma paralisação de 48 horas na manhã desta terça-feira (16). Eles protestam na frente da Prefeitura.

A rede municipal de ensino possui 90 escolas e 6.193 servidores, mas ainda não há informações sobre a adesão ao movimento e sobre o funcionamento das unidades.

O Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação, o Sepe Lagos, alega que a negociação da pendência de pagamentos com a prefeitura não está avançando. A decisão pela paralisação foi aprovada em assembléia.

Segundo o Sepe, faltam o retroativo da isonomia de professores, férias, insalubridade, triênios retroativos, reajustes de hora extra e resíduos de aposentados, entre outros benefícios. Os profissionais querem que o município defina as datas para que os pagamentos atrasados sejam feitos.

A categoria enviou à Secretaria de Educação um ofício solicitando explicações sobre os gastos da pasta e também mais uma audiência com prefeito e os secretários de Fazenda e Administração, além de uma reunião com a Comissão de Educação da Câmara Municipal. O objetivo é falar sobre concurso público e cargos comissionados.

Fonte: G1

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *