RIO DE JANEIRO: CONFIRA QUEM VAI PARAR CONTRA REFORMA DA PREVIDÊNCIA

RIO DE JANEIRO: CONFIRA QUEM VAI PARAR CONTRA REFORMA DA PREVIDÊNCIA

As Centrais Sindicais, unificadas contra as Reformas do Governo de Michel Temer, decidiram por uma grande paralisação na próxima quarta-feira (15). As paralisações fazem parte de uma grande atividade nacional em defesa da aposentadoria e dos direitos dos trabalhadores.

No Rio de Janeiro diversas categorias estão mobilizadas para as atividades. Além do ato central, haverão atividades em diversas bases, parando o Rio de Janeiro e dizendo um grande não às propostas de Reformas de Michel Temer.

Toda essa mobilização se reunirá, ao fim da tarde, a partir das 16 horas, na Igreja da Candelária. Onde será feito um grande ato que irá percorrer as ruas do Centro da Cidade até a Central do Brasil. Confira, abaixo, as categorias que já aderiram ao grande ato do próximo 15 de março.

PROFESSORES – O SEPE decretou greve em toda rede municipal, estadual e CEFET. O SINPRO RIO aprovou paralização dia 15 e fará ato nas regionais de manhã.  O Colégio Pedro II irá paralisar suas atividades e fará um debate sobre a Reforma da Previdência no Centro. Mais de 13 escolas particulares já confirmaram paralisação. Confira abaixo a lista de escolas particulares que já confirmaram paralisação:

1. Aldeia Curumim Niterói
2. Andrews
3. Angelorum
4. Bennet
5. Sion
6. Carpe Dien
7. Casa da Mangueira (Mangueirinha) – Botafogo
8. Casa Monte Alegre de Educação Infantil
9. Castrinho
10. Castro Barreto
11. CEAT
12. CEI
13. Centro Educacional de Niterói (Centrinho)
14. Colégio Cruzeiro
15. Colégio Santa Teresa de Jesus
16. Colégio Santo Amaro
17. Colégio São Bento
18. Colégio São Vicente de Paulo
19. Colégio Teresiano
20. Colégio Zaccaria
21. Companhia de Maria
22. Tabladinho
23. Edem
24. Eliezer
25. Escola Americana
26. Escola Da Travessa
27. Escola Nossa Niterói
28. Escola Nova
29. Escola Parque (Barra/Gávea)
30. Espaço Educação
31. Francisca Paula de Jesus
32. Franco Brasileiro
33. Golfinho Feliz
34. Imaculada Conceiçao – Botafogo
35. João Lyra Filho
36. Liceu Mollieri
37. MIguel Couto (Ilha)
38. Newton Braga
39. Modelar Cambauba
40. Núcleo de Artes da Urca – NAU
41. Oga Mita
42. Sá Pereira
43. Sagrado coração de Maria
44. Salesiano
45. Seiva Pura
46. Santo Agostinho (Leblon)
47. Santo Inácio
48. São Bento
49. São Vicente

UFRJ – O SINTUFRJ aprovou greve de 24h e fará um ato pela manhã no Campus do Fundão. Os Professores também decidiram pela paralisação.

UFRRJ – Os Técnicos da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro decidiram pela paralisação de 24h.

FURNAS E ELETROBRÁS – Paralisação até meio dia e, depois, mobilização para o ato.

CEDAE – Trabalhadores já em luta contra a Privatização, irão se incorporar ao ato central.

CORREIOS – Em assembleia, trabalhadores decretaram paralisação no dia 15.

RODOVIÁRIOS – Sindicato aprovou paralisação de 24h contra a Reforma da Previdência.

BANCÁRIOS – Os bancários farão paralisação de 24h.

SAÚDE – O SINTSAÚDE fará greve ao longo do dia e participará do ato unificado amanhã. A Saúde Federal fará ato às 9h em frente ao Hospital dos Servidores do Estado.

JUSTIÇA – Servidores do SISEJUFE aprovaram greve de 24h. Às 15 horas, entidades do meio jurídico farão ato em frente à Justiça do Trabalho (Rua do Lavradio) e seguirão em passeata até a Candelária para se unir ao ato central.

PORTUÁRIOS – Paralisação no Rio de Janeiro, Itaguaí, Angra dos Reis.

MARÍTIMOS – Se unirão às paralisações dos Portuários onde for possível.

METROVIÁRIOS – Panfletagem pela manhã na Central do Brasil.

AEROVIÁRIOS – Ato às 9h em frente à GOL no Aeroporto Santos Dummont

RADIALISTAS – A categoria irá fazer manifestações na EBC e na MultiRio

MOEDEIROS – Os trabalhadores da Casa da Moeda farão atividade pela manhã na sede da empresa.

CONDUTORES DE CARGA – Irão fazer paralisação de 24h.

COMÉRCIO DE MINÉRIOS E DERIVADOS DE PETRÓLEO – O SINTRAMICO fará assembléia em algumas bases pela manhã.

1 comment

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *

1 Comment

  • Celia
    15 de março de 2017, 02:47

    Concordo e aprovo. Não podemos deixar que nossos direitos sejam roubados!!

    REPLY