Servidores de Macaé protestam contra Prefeito no Aniversário da Cidade

Servidores de Macaé protestam contra Prefeito no Aniversário da Cidade

Os Servidores e Servidoras Públicos do município de Macaé fizeram um protesto contra o Prefeito durante o aniversário da cidade no último sábado (29). Em pauta, os mais de dois anos sem reajuste salarial da categoria. O Sindicato dos Servidores Municipais de Macaé, Sindservi, está em luta não apenas pelo reajuste da categoria, mas também pela recuperação de direitos que foram cortados nos últimos quatro anos.

“Nós vamos manter a campanha pelo dissídio de 2016 e de 2017, cumprindo as diretrizes apontadas pelos servidores que participaram da assembleia.”- disse Rose Mary Gomes, presidente do Sindiservi a um jornal local.

O Presidente da CTB Rio de Janeiro, Paulo Sérgio Farias, participou da atividade que buscou dialogar com a população e pressionar o prefeito de Macaé a atender a pauta da categoria.

“Durante o desfile comemorativo da cidade os servidores públicos protestaram contra a política municipal comandada pelo Prefeito Aloisio voltada para os serviços e servidores. Mais de 15 mil servidores estão a mais de dois anos sem reajuste. O enquadramento e triênio, gratificação em hospitais de urgência e emergência e adicional noturno continua sem solução. As condições de trabalho precárias prejudicam a população.  Há hospitais sem água e papel higiênico. Alguém mente na cidade. O prefeito alega que não tem dinheiro para o reajuste e as necessidades hospitalares. Os jornais alegam superavit na arrecadação municipal.” – afirmou Paulo Sérgio.

Pelo segundo ano consecutivo a Prefeitura não entra em acordo com os trabalhadores sobre o reajuste salarial, uma situação que a CTB RJ repudia com afinco. Além disso, direitos como o triênio foram retirados pelo poder executivo municipal.

A CTB RJ está ao lado dos servidores de Macaé na luta não só pelo reajuste, mas pelos direitos diversos que tem sido negados pela prefeitura.

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *