SERVIDORES OCUPAM RUAS CONTRA PRIVATIZAÇÃO DA CEDAE

SERVIDORES OCUPAM RUAS CONTRA PRIVATIZAÇÃO DA CEDAE

Mesmo com o adiamento da votação, milhares de servidores públicos estaduais fizeram um grande ato contra a privatização da CEDAE e contra o pacote de maldades do Governo do Estado, em frente à Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ).

Os servidores se concentraram desde as 10 horas da manhã em frente à assembleia, com faixas e cartazes manifestando a falta de apoio popular ao pacote que tentam aprovar na casa legislativa. “Fora Pezão” e “Fora Temer” eram palavras de ordem ecoadas pelos manifestantes em meio à intervenções extremamente duras contra a privatização da CEDAE.

O Presidente da CTB-RJ, Ronaldo Leite, se manifestou em defesa da CEDAE pública, estatal e indivisível:

“A CEDAE pertence ao povo do Rio de Janeiro e não pode ser privatizada. Todas as iniciativas de privatização geraram piores serviços e aumento dos custos. Os trabalhadores da CEDAE e o povo do Rio de Janeiro irão impedir a privatização por uma CEDAE pública e indivisível”

O Secretário de Finanças da CTB-RJ, Mário Porto lembrou que na segunda-feira haverá novo e maior ato para enfrentar o que taxou de “uma tentativa de fraude com a população do Rio de Janeiro”

“Hoje tivemos um ato mais pra marcar posição. Fizemos o ato com trabalhadores da CEDAE e de outras categorias que compõe o MUSPE. O ato foi mais esvaziado por conta do adiamento da votação, mas obtivemos um resultado positivo no conjunto das pessoas que lá estavam. Fizemos a conscientização com os trabalhadores para nos manter mobilizados até o início da votação, se é que ela vai se dar na segunda-feira. No dia 20, estaremos lá, reunidos a partir das 10 da manhã, como sempre estivemos, para combater essa tentativa de fraude com a população do Rio de Janeiro.”

Após muitas manifestações contra as maldades de Pezão e Temer, os manifestantes seguiram em passeata até a Igreja da Candelária, na Avenida Presidente Vargas. O movimento interditou totalmente a Rua Primeiro de Março.

Nesta segunda (13), a presidência da ALERJ comunicou o adiamento da votação do projeto de entrega da CEDAE. A votação será realizada a partir da próxima segunda-feira (20), a partir das 11h, em sessão extraordinária convocada pelo presidente da Casa, deputado Jorge Picciani (PMDB).

Em nota, a assessoria de comunicação social da Alerj informou que a votação prosseguirá nas sessões ordinárias de terça (21), quarta (22) e quinta-feira (23). A reunião do Colégio de Líderes da Assembleia, que também foi adiada, ainda será remarcada.

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *