Sindicato dos Comerciários pede inclusão de trabalhadores do comércio nos grupos prioritários de vacinação

Sindicato dos Comerciários pede inclusão de trabalhadores do comércio nos grupos prioritários de vacinação

O Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro, entidade filiada à CTB, enviou, nesta segunda-feira, ao governador em exercício Claudio Castro,  um ofício para inclusão dos trabalhadores do comércio no grupo prioritário de imunização na primeira etapa de vacinação contra a Covid-19. O Governo do Estado firmou acordo de cooperação com a Associação de Supermercados do Rio de Janeiro (Asserj) e a Associação Brasileira de Shoppings Centers (Abrasce) para uso dos estabelecimentos como postos móveis de vacinação.

Para o Sindicato, comerciários estiveram expostos durante toda a pandemia, já que as lojas ficaram abertas e estes profissionais tiveram contato com todo tipo de público, o que eleva sobremaneira o risco de contágio e de disseminação do vírus. No caso dos trabalhadores de supermercados, pesa, ainda, o fato de estarem listados no rol de atividades essenciais e que, portanto, não podem parar. Por isso, a importância de serem logo vacinados.

“O Sindicato defende que os trabalhadores do comércio que também estão na linha de frente sejam incluídos nos grupos prioritários para a vacinação. Estamos nos mobilizando e também já oferecemos nossas instalações para agilizar a imunização. Nossa luta é pela vida, já que os comerciários estão expostos todos os dias, atendendo um grande número de pessoas”, explicou Marcio Ayer, presidente do Sindicato dos Comerciários.

O documento enviado ao gabinete do governador pede, ainda, que sejam disponibilizados testes rápidos em quantidade suficiente para que estes trabalhadores sejam periodicamente submetidos a exames de detecção, a fim de evitar que os profissionais trabalhem doentes, em conformidade com a Lei Estadual n° 8.980, sancionada em 20 de agosto de 2020.

Fonte: O Dia

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *