SINDICATO DOS COMERCIÁRIOS PEDE PRESSA À JUSTIÇA NO CASO HERMES

SINDICATO DOS COMERCIÁRIOS PEDE PRESSA À JUSTIÇA NO CASO HERMES

O Sindicato dos Comerciários do Rio, que representa na Justiça os demitidos da empresa Hermes, entregou ao juiz da Vara de Falências um pedido de urgência para o pagamento das verbas rescisórias dos ex-funcionários. Apesar de terem assinado o Termo de Rescisão de Contrato de Trabalho (TRCTs), nenhum deles recebeu até agora o que lhes é devido pela empresa. Na época, o Sindicato atuou rápido para que eles ao menos recebessem o FGTS e pudessem dar entrada no Seguro Desemprego.

“Os demitidos não podem mais esperar pela tramitação normal do processo. O que eles têm para receber é considerado crédito de natureza alimentar, ou seja, para pagar despesas básicas e essenciais, como a alimentação. A gente sabe que o estoque da empresa já foi vendido, e que dessa forma tem dinheiro na conta para pagar as verbas rescisórias”, comentou o presidente do Sindicato, Márcio Ayer.

“Dado o longo tempo necessário para que todos os procedimentos sejam cumpridos, o Sindicato pede a liberação imediata das verbas trabalhistas. Estamos esperançosos porque há dinheiro depositado em juízo e a Justiça entende que os créditos trabalhistas têm prioridade na ordem de pagamentos”, explicou o diretor jurídico Edson Machado, destacando que a Justiça pode atender ou não a solicitação do Sindicato.

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *