SINTECT-RJ E FINDECT PRESSIONAM ECT CONTRA A MEDIDA DE SUSPENSÃO DAS FÉRIAS

SINTECT-RJ E FINDECT PRESSIONAM ECT CONTRA A MEDIDA DE SUSPENSÃO DAS FÉRIAS

Na última segunda-feira (27), diretores do sindicato e da federação, junto com outras centrais sindicais da categoria, se reuniram com Guilherme Campos e membros da direção da empresa, em São Paulo. O objetivo era mostrar para a empresa que os trabalhadores não aceitam as medidas anunciadas, como a suspensão das férias e cobraram soluções imediatas

Durante o encontro, os sindicalistas foram firmes na defesa da categoria e nos direitos trabalhistas. Abordaram a necessidade da manutenção das férias, cobraram investimentos em política de segurança e em melhores condições de trabalho, retorno do pagamento das horas extras e exigiram esclarecimentos sobre a demissão motivada, conforme explica o secretário-geral do sindicato do Rio e diretor da FINDECT, Ronaldo Martins:

“Deixamos claro para a empresa que o trabalhador não pode pagar pela má administração dos Correios. Não somos nós os culpados pela situação financeira da empresa. Não vamos abrir mão dos nossos direitos”.

Guilherme Campos e sua equipe afirmaram em suas explanações que a empresa não vai voltar atrás das medidas, alegando a dificuldade financeira da ECT. Sobre o plano de demissão motivada, Campos confirmou que a direção está sim estudando a possibilidade de colocar em prática.

Para Ronaldo Martins, a posição arbitrária da empresa na tentativa de negociação mostrou que os trabalhadores só tem uma saída para manter seus diretos, a greve “A direção da empresa está tomando atitudes que massacram a categoria, esse absurdo não pode acontecer. Precisamos ir para as ruas, fazer greve e pressionar!Vamos fazer uma grande mobilização nacional para que nenhum direito seja retirado. Todos à assembleia dia 6”, ressaltou.

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *