Técnicos do INEA confirmam infração ambiental na CSN

Técnicos do INEA confirmam infração ambiental na CSN

O Inea (Instituto Estadual do Meio Ambiente) enviou técnicos, na tarde da última segunda-feira (23), para visitar a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), em Volta Redonda. Os agentes emitiram uma constatação — documento que confirma a infração ambiental — e abriram um processo administrativo para apurar e punir irregularidades da empresa.

Em nota, o Instituto informou que as multas podem chegar a R$ 300 mil. O Inea pretende ainda formalizar o plano de ação junto à CSN que engloba investimentos de R$ 400 milhões e envolve a modernização dos equipamentos de controle e missões fugitivas e de emissões de poluentes no ar.

Há tempos a população local está preocupada com a emissão de uma fumaça laranja. Militantes ambientalistas defendem um monitoramento constante da qualidade do ar na cidade. A CSN informou que aconteceram emissões pontuais da referida fumaça laranja que não estavam programadas. Sobre o auto de constatação do Inea e a multa, a siderúrgica não se posicionou.

Outra emissão, essa de um pó preto, também têm incomodado muitos moradores do município. Um vídeo feito por  um morador do bairro São João revelou que o pó era atraído por um imã, ou seja, fuligem de ferro. Esse pó que vêm acumulando nas casas, mudando a rotina dos moradores, que precisam limpar a residência com mais frequência. Além disso, também tem causado problemas respiratórios.

Fonte: G1

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *