TRABALHADORES DA CEDAE DECIDEM MANTER PARALIZAÇÃO E FARÃO ATO NO GUANDU

TRABALHADORES DA CEDAE DECIDEM MANTER PARALIZAÇÃO E FARÃO ATO NO GUANDU

Nesta segunda-feira (20), os cedaeanos saíram da Alerj em passeata e fizeram uma assembleia na porta da Cedae e decidiram manter a paralisação. Amanhã (21) os trabalhadores estarão na porta do Guandu.

Após o ato no Guandu, os trabalhadores farão nova assembleia a partir de 15h30 novamente na porta da empresa.

Triste capítulo do parlamento do Rio de Janeiro: deputados aprovam a venda da Cedae

O estado do Rio de Janeiro viveu um triste dia na manhã desta segunda-feira (20). Comandados por Pezão e Picciani, 41 deputados votaram pela privatização da Cedae e a aceitaram a chantagem do governo golpista de Temer para que o Rio de Janeiro receba recursos federais.

Mas a luta ainda não terminou, existem inúmeras ações jurídicas denunciando esse crime contra o povo do Rio. É preciso manter a mobilização, pois esse é um ato inconstitucional. Vamos manter firme essa batalha com nossas ações.

O vereador Fernando William, que esteve presente na assembleia no prédio, ingressou com uma ação contestando o projeto de venda da Cedae.

Na Cinelândia estão sendo recolhidas assinaturas contra a venda da Cedae. Além disso, os trabalhadores estão denunciando todos os parlamentares que votaram pela privatização da empresa.

Esse crime contra o povo do Rio foi feito com toda a truculência do aparelho do estado, que o tempo todo despejou bombas de gás e balas de borracha contra os trabalhadores.

Esses parlamentares terão o troco nas próximas eleições. Os trabalhadores da Cedae e a sociedade não vão esquecer esses nomes, deputados que deram as costas para o povo do Rio de Janeiro

Vale lembrar ainda que durante a campanha eleitoral, Pezão disse que não privatizaria a Cedae, mas agora em conluio com Michel Temer promove a entrega do nosso bem natural.

Votação teve 41 votos a favor e 28 contra a privatização. Como votou cada deputado:

A FAVOR DA PRIVATIZAÇÃO

Ana Paula Rechuan (PMDB)
André Ceciliano (PT)
André Corrêa (DEM)
Aramis Brito (PHS)
Átila Nunes (PMDB)
Benedito Alves (PRB)
Carlos Macedo (PRB)
Chiquinho da Mangueira (PTN)
Conte Bittencourt (PPS)
Coronel Jairo (PMDB)
Daniele Guerreiro (PMDB)
Dica (PTN)
Dionísio Lins (PP)
Doutor Gotardo (PSL)
Edson Albertasse (PMDB)
Fábio Silva (PMDB)
Fatinha (Solidariedade)
Marco Figueiredo (PROS)
Filipe Soares (DEM)
Geraldo Pudim (PMDB)
Gil Vianna (PSB)
Gustavo Tutuca (PMDB)
Iranildo Campos (PSD)
Jânio Mendes (PDT)
João Peixoto (PSDC)
Jorge Picciani (PMDB)
Marcelo Simão (PMDB)
Marcia Jeovani (DEM)
Marcos Abraão (PT do B)
Marcos Muller (PHS)
Marcus Vinicius (PTB)
Milton Rangel (DEM)
Nivaldo Mulin (PR)
Paulo Melo (PMDB)
Pedro Augusto (PMDB)
Rafael Picciani (PMDB)
Renato Cozzolino (PR)
Rosenverg Reis (PMDB)
Tia Ju (PRB)
Zé Luiz Anchite (PP)
Zito (PP)

CONTRA A PRIVATIZAÇÃO:

Bebeto (PDT)
Bruno Dauaire (PR)
Carlos Minc (sem partido)
Carlos Osório (PSDB)
Cidinha Campos (PDT)
Doutor Julianelli (Rede)
Eliomar Coelho (PSOL)
Enfermeira Rejane (PC do B)
Flávio Bolsonaro (PSC)
Flávio Serefini (PSOL)
Geraldo Moreira da Silva (PTN)
Gilberto Palmares (PT)
Jorge Felippe Neto (DEM)
Lucinha (PSDB)
Luiz Martins (PDT)
Luiz Paulo (PSDB)
Marcelo Freixo (PSOL)
Márcio Pacheco (PSC)
Martha Rocha (PDT)
Paulo Ramos (PSOL)
Samuel Malafaia (DEM)
Silas Bento (PSDB)
Tio Carlos (SDD)
Wagner Montes (PRB)
Waldeck Carneiro (PT)
Wanderson Nogueira (PSOL)
Zaqueu Teixeira (PDT)
Zeidan (PT)

Todos na manifestação nesta terça no Guandu e na assembleia, 15h30, na porta do prédio.

Fonte: Sintsama

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *