TRABALHADORES DOS CORREIOS ENCERRAM GREVE

TRABALHADORES DOS CORREIOS ENCERRAM GREVE

Os trabalhadores dos Correios do Rio de Janeiro decidiram, nesta sexta-feira, em assembleia, encerrar a greve iniciada na última quarta-feira. A categoria aceitou a proposta da estatal, que prevê, entre outras melhorias, um aumento salarial de 6,5%, correspondente à reposição da inflação, retroativo a agosto.

“Foi importante encerrarmos a greve para avançarmos em novas conquistas. Não era o momento de realizarmos essa paralisação, porque poderíamos pôr a perder esses avanços”, explica Marcos Sant’Águida, diretor jurídico do Sindicato dos Trabalhadores dos Correios do Estado do Rio de Janeiro (Sintect-RJ).

De acordo com Sant’Águida, a conciliação com intermediação do TST poderia ter ido por água abaixo se a categoria não tivesse entendido a opção de fazer acordo com a estatal neste momento e que ao menos 20 estados já haviam aceitado o acordo. “O Conlutas insuflou a assembleia do dia 17 para levar a categoria à greve, sem ponderar as consequências de partir para a greve sem a participação da maioria absoluta dos estados. Isso poderia prejudicar os ecetistas do Rio”, preconiza.

Segundo ele, o Sintect conseguiu aumento real de 11,91% para os trabalhadores que ganham até R$ 3,077 mil. Para os que recebem mais do que isso, houve reposição da inflação. Mais de 90% dos trabalhadores dos Correios estão contemplados por esse índice. Além do mais, diz Sant’Águida as conquistas não se circunscreveram apenas ao reajuste salarial. “O vale-alimentação teve aumento real de 13,9%, na cesta básica conquistamos 12,5% de aumento real também e conseguimos o vale-cultura retroativo a janeiro”, revela.

Ficou decidido que as atividades voltariam ao normal na segunda-feira (22/09) e a expectativa é que a assinatura do acordo coletivo aconteça na próxima quarta-feira, numa audiência de conciliação que já está agendada com o Tribunal Superior do Trabalho (TST).

 Fonte: Sintect-RJ e CTB

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *