Trabalhadores rurais ocupam latifúndio improdutivo em Guapimirim e são duramente reprimidos

Os trabalhadores da agricultura familiar de Guapimirim, junto com a FETAG-RJ, a FETAGRI-RJ e a CTB, ocuparam na manhã dessa quinta-feira (15) o latifúndio improdutivo da Fazenda Soturno, inaugurando a Ocupação Hugo Chavez. Rapidamente, os supostos donos do terreno acionaram a força policial e, enquanto os debates ainda aconteciam na delegacia, destruíram as estruturas do acampamento e ameaçaram a vida dos trabalhadores e bradaram insultos à organização sindical.

Os trabalhadores denunciam que em parte do terreno funcionava um lixão irregular. Um homem, que se identificou como policial civil, usou de força desproporcional, ameaçou e reprimiu os trabalhadoras e trabalhadoras rurais. Todos foram à delegacia, onde foram prestados os esclarecimentos. Os agricultores familiares foram ameaçados pelos jagunços contratados pelo suposto dono da terra improdutiva. Os supostos donos Marco  Aurélio  Lopes  Lunz    e  Vitor Hugo Lopes Lunz se apresentaram como advogados. Outra denúncia feita pelos trabalhadores é a de que a fazenda mantém um funcionário há 13 anos sem carteira assinada.

O Acampamento Hugo Chaves, que teve início no último dia 15, se desmobilizou já na sexta-feira (16). As cerca de 50 famílias que ocupavam a terra se retiraram após o ataque violento sofrido pela mesma na sua primeira noite de existência. Os trabalhadores se reorganizam na sede do sindicato em Guapimirim. Os s dirigentes da Fetagri agradecem a solidariedade  e reafirmam que a luta pela democratização do acesso à terra e por uma reforma agrária continua forte em nosso Estado. A desmobilização é apenas um passo atrás para que se reorganize a frente de batalha.

A CTB Rio de Janeiro manifesta sua solidariedade à ocupação e se coloca ao lado da Fetagri na luta pelo direito à terra e pelo fim dos latifúndios improdutivos.

 

Texto: José Roberto Medeiros | CTB-RJ

Fotos: Fetagri-RJ

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *