UFRJ: SINDICATO CRITICA CORTES NOS CONTRACHEQUES DOS SERVIDORES

UFRJ: SINDICATO CRITICA CORTES NOS CONTRACHEQUES DOS SERVIDORES

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação da UFRJ manifestou sua posição críticas ao novo ataque sofrido pela categoria. Novamente, o Governo Federal avança contra os trabalhadores e o corte da rubrica de 28,86% surpreendeu a categoria.

16640645_413989355600031_4876021074328961724_nDe acordo com o Sindicato, as ameaças de realizações de corte da rubrica estão se confirmando na prévia do contra cheque.  Neste final de semana vários trabalhadores constataram que a rubrica da ação dos 28,86% não constava na remuneração.

Essa é uma batalha antiga do Sindicato. As ameaças do TCU não são um fenômeno recente e até agora o sintufrj foi vencedor na queda de braço. A entidade ressalta que nestas vitórias sempre teve apoio e compreensão das diferentes Reitorias que nunca executaram orientação de corte do TCU porque temos decisão judicial transitada e julgada em favor da categoria.

Na última sexta,  dia 10/2, no entanto, a entidade recebeu comunicado do MPOG com ameaças de que faria o corte diretamente de Brasília ferido decisão judicial e ao mesmo tempo afrontando a autonomia da Universidade. Os dirigentes sindicais imediatamente convocaram uma assembleia para terça (14) por meios eletrônicos já que o jornal tinha fechado na quinta.

A assessoria jurídica do Sindicato está trabalhando duramente pra reverter os ataques ao legítimo direito da categoria de TAE e DOCENTES.  Todos os detalhes da movimentação jurídica e política serão debatidas  na assembleia geral extraordinária desta terça-feira,  dia 14/2 as 10h no CT.

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *