CTB-RJ Recebe Homenagem da Câmara Municipal pela atuação na luta por Mobilidade Urbana

A Central dos Trabalhadores e das Trabalhadoras do Brasil (CTB) foi uma das homenageadas, nessa sexta-feira, na câmara municipal do Rio de Janeiro, em uma solenidade de reconhecimento aos ativistas em prol da mobilidade urbana, que aconteceu no salão nobre do Palácio Pedro Ernesto.  O Sindicato dos Comerciários do Rio de Janeiro também foi homenageado.

 

Com o salão repleto de militantes e autoridades no debate sobre o transporte público, o Presidente da CTB Rio de Janeiro foi convidado a compor a mesa da solenidade que entregou as duas entidades classistas (CTB e SEC-RJ), a moção de reconhecimento e aplauso pelos seu papel na luta pela mobilidade urbana. Quem presidiu a sessão foi o Vereador Edson Santos, do PT, que apresentou na câmara municipal o projeto de lei de tarifa zero. Outro homenageado na solenidade foi o Deputado Federal Jilmar Tatto, que recebeu o título de cidadão carioca.

 

Em sua fala, durante a solenidade, o Presidente da CTB-RJ, Paulo Sérgio Farias, iniciou sua fala com um convite à reflexão sobre as contradições entre a cidade dos cartões postais e a retratada diariamente nos noticiários, aproveitando para lembrar suas origens:

 

“ — Nasci e fui criado na favela da Rocinha e lá tive a honra de presidir a Associação de Moradores da comunidade. Liderei o movimento comunitário na luta por saneamento básico, saúde, escola, necessidades que são direitos e que nos foram muito negados ao longo da história.” — Afirmou Paulo Farias.

O Presidente da CTB-RJ salientou que os trabalhadores estão deserdados de seus direitos e criticou o governo do Estado, que desde 2019 não envia à Assembleia Legislativa a mensagem do Piso Regional, diminuindo o poder de compra e a qualidade de vida dos trabalhadores e trabalhadoras fluminenses:

 

“ — A consequência dessa insanidade do Governador é que as faixas do piso salarial foram sendo espremidas e, hoje, o salário mínimo nacional já ultrapassou três faixas do piso. Os trabalhadores cujos rendimentos se baseiam nesse piso tiveram seus ganhos diminuídos.” — denunciou Paulo Sérgio.

 

Concluindo sua fala, Paulo Sérgio, reafirmou o compromisso da CTB com a luta em defesa de melhorias na mobilidade urbana, pela pauta específica da Tarifa Zero. Paulo Sérgio fez questão de lembrar que a Prefeitura colocou no orçamento a verba necessária para atender as demandas das empresas de ônibus, e cobrou o mesmo esforço na defesa da tarifa zero por parte do prefeito e candidato à reeleição Eduardo Paes (PSD).

 

“ — Gostaria muito que o prefeito, durante a campanha eleitoral, que vai implementar a tarifa zero aqui. Gostaria de ver esse debate tomar corpo nas eleições para que, ao fim delas, essa realidade já estivesse consagrada no nosso município.”. — Concluiu.

 

O que é a Moção de Reconhecimento e Aplauso recebida pela CTB?

 

Moção é uma proposição legislativa que permite a Câmara dos Vereadores aplaudir ou repudiar todo e qualquer ato ou omissão do Poder Público em todas as esferas. As moções podem ser de apoio; protesto; congratulações, louvor ou aplausos; pesar; e apelo. No caso do evento de hoje, a CTB-RJ recebeu uma moção de aplausos.

 

Conforme o Artigo 9ª da Resolução nº 1.553, de 14 de dezembro de 1995 da Câmara Municipal do Rio de Janeiro só receberão Moções de Aplausos e Louvor, os cidadãos, autoridades ou entidades públicas, ou privadas que, comprovadamente, realizarem atos notórios de conhecimento público;

 

Trata-se, portanto, do poder público, no caso a Câmara Municipal do Rio de Janeiro, reconhecendo o papel de destaque que a Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil desempenha no debate sobre a mobilidade urbana e na luta pela implementação da Tarifa Zero. Uma grande honraria para a CTB, reconhecida mais uma vez pela sua luta em defesa da classe trabalhadora.

Compartilhe este post


Precisa de ajuda?
Scan the code