500 maiores fortunas do mundo aumentaram R$ 5,5 trilhões em 2021 e agora somam R$ 47 trilhões

500 maiores fortunas do mundo aumentaram R$ 5,5 trilhões em 2021 e agora somam R$ 47 trilhões

O índice de bilionários da agência Cloomberg mostra que soma da fortuna das 500 pessoas mais ricas do mundo aumentou mais de US$ 1 trilhão (R$ 5,57 tri) em 2021, ano em que diversas pessoas caíram à pobreza extrema por conta da pandemia.

As 500 pessoas mais ricas do planeta somam, agora, US$ 8,4 trilhões (R$ 46,9 tri). O valor é maior do que o PIB de todos os países do mundo, com exceção de China e Estados Unidos, os dois mais ricos.

Dentre todos os bilionários, dez fortunas ultrapassam os US$ 100 bilhões (R$ 557,9 bi). Só essa parcela aumentou seu patrimônio em US$ 386 bilhões (R$ 2,15 tri). Enquanto isso, no Brasil, famílias comem ossos e carcaças de animais para driblar a fome.

No topo da lista, aparecem o sul-africano Elon Musk e o estadunidense Jeff Bezos, com US$ 270 bilhões (aproximadamente R$ 1,5 tri) e US$ 192 bilhões (aproximadamente R$ 1,07 tri), respectivamente. Enquanto o fundador da SpaceX e presidente da Tesla aumentou sua fortuna em US$ 114 bilhões (aproximadamente R$ 635 bi) no ano de 2021, o fundador da Amazon ganhou US$ 2 bilhões (aproximadamente R$ 11 bi) no ano.

Fonte: UOL

Leia também...

Qual a sua opinião?

Seu e-mail não será publicado. Os campos com * são obrigatórios.