Cientista que mapeou o genoma do coronavírus receberá Prêmio Mulheres

Cientista que mapeou o genoma do coronavírus receberá Prêmio Mulheres

A cientista baiana Jaqueline Goes foi escolhida para receber o “Prêmio Mulheres na Ciência Amélia Império Hamburger” da Câmara dos Deputados. O nome da pesquisadora foi indicado pela deputada federal Alice Portugal (PCdoB-BA), autora da premiação.

“A cientista Jaqueline Goes é merecedora dessa homenagem. Fico muito feliz e honrada com a escolha do seu nome pelo Conselho Deliberativo do prêmio, que é um reconhecimento da excelência da participação feminina na solução dos grandes desafios da humanidade e um estímulo à capacitação de mais mulheres cientistas no Brasil”, afirma Alice.

Doutora em Patologia Humana e Experimental, pela UFBA, a pesquisadora realizou o sequenciamento do genoma do coronavírus em apenas 48 horas após a confirmação do primeiro caso de Covid-19 no Brasil. Isso foi essencial na detecção das mutações do vírus e na busca pela vacina.

A indicação do nome da cientista baiana também foi feita pelos deputados Lídice da Mata (PSB-BA) e Jorge Solla (PT-BA). Além dela, as cientistas Erika Parlato de Oliveira, indicada pela deputada Luiza Erundina (PSol-SP), e Natalia Pasternak Taschner, indicada pelo deputado Eduardo Barbosa (PSDB-MG), irão receber a premiação.

O Prêmio Mulher na Ciência, que está em sua primeira edição, homenageia Amélia Império Hamburger, célebre cientista brasileira que se destacou por suas importantes contribuições para a ciência no Brasil. A solenidade de premiação está agendada para o dia 6 de julho, em horário e local a ser confirmado pela Câmara dos Deputados.

Leia também...

Qual a sua opinião?

Seu e-mail não será publicado. Os campos com * são obrigatórios.