CTB-RJ e Fetagri-RJ manifestam repúdio a fechamento de hospital e perseguição política em Araruama

CTB-RJ e Fetagri-RJ manifestam repúdio a fechamento de hospital e perseguição política em Araruama

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – Rio de Janeiro e a Fetagri-RJ manifestam, de forma conjunta, através da presente nota, seu repúdio ao fechamento do Hospital Municipal do Distrito São Vicente de Paulo e a toda a perseguição feita pela Prefeita Lívia de Chiquinho (PP) promovida aos que lutam contra essa medida absurda.

O Distrito de São Vicente de Paula é uma área rural com mais de 35 mil habitantes, em região fronteiriça do município de Araruama. Seu acesso se dá através de estradas de terra cujo trânsito se torna inviável em caso de chuvas mais robustas e tempestades. O deslocamento do atendimento para a região central do município coloca em risco milhões de vidas de uma população que carece dos serviços públicos.

Ressaltamos que a unidade fechada tem mais de 50 anos de existência e consiste num verdadeiro patrimônio do povo local, devendo ser preservado e ampliado, jamais fechado. A abertura da clínica na localidade não resolve casos mais graves que necessitem de cirurgia ou internação. Não podemos aceitar que essa medida absurda seja mantida.

Manifestamos também nosso total repúdio ao assédio e perseguição promovidos pela Prefeitura de Araruama, através principalmente da atual Prefeita, Lívia de Chiquinho (PP), como a tentativa de prisão do companheiro aposentado Zé do Correio e ameças a servidores e trabalhadores que participaram de manifestação pacífica ocorrida no último domingo (29).

Em defesa do SUS, da Saúde Pública e da Democracia! Não ao autoritarismo e à perseguição política! Não ao fechamento do Hospital Municipal do Distrito de São Vicente de Paula.

Rio de Janeiro, 2 de Junho de 2022

Paulo Sérgio Farias
Presidente da CTB-RJ

Ezaquiel Siqueira
Secretário de Administração da Fetagri-RJ

Leia também...

Qual a sua opinião?

Seu e-mail não será publicado. Os campos com * são obrigatórios.