CTB-RJ e UBM-RJ repudiam atos de violência contra as adolescentes do DEGASE e exigem apuração já!

CTB-RJ e UBM-RJ repudiam atos de violência contra as adolescentes do DEGASE e exigem apuração já!

A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – Rio de Janeiro (CTB-RJ) e a União Brasileira de Mulheres – Rio de Janeiro (UBM-RJ) manifestam de forma conjunta seu total repúdio com a estarrecedora denúncia de torturas e violência sexual nas dependências do DEGASE. A denúncia, feita pelo Ministério Público do Rio de Janeiro levou ao afastamento de cinco agentes e do diretor geral da unidade.

As denúncias envolvem crimes graves, como estupro e tortura, com menores de idade, e necessita de profunda investigação e responsabilização de todos os culpados. É dever do poder público, no caso o Governo do Estado do Rio de Janeiro, garantir a segurança e a integridade de todas e todos adolescentes internos na instituição e as denúncias demonstram a clara falta de compromisso do governo com nossa juventude.

Nós, da CTB-RJ e da UBM-RJ, nos solidarizamos com as famílias das vítimas desse crime hediondo. Exigimos apuração transparente de todos os crimes cometidos contra as adolescentes do DEGASE e uma radical mudança de rumos no comando da instituição.

Fundado no ano de 1994 durante o governo Leonel Brizola para substituir a Fundação Centro Brasileiro para a Infância e Adolescência (FCBIA), e tem como função executar as medidas judiciais aplicadas aos adolescentes em conflito com a lei, preparando-os para o retorno ao convívio em sociedade. É inaceitável que, em uma instituição desse porte, mantida pelo Estado, os e as jovens não tenham sua integridade garantida.

Justiça para as adolescentes do DEGASE!

Em defesa da nossas jovens!

Rio de Janeiro, 03 de Julho de 2021

Paulo Sérgio Farias – Presidente da CTB-RJ
Vânia Bretas – Presidenta da UBM-RJ

Leia também...

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked with *